Vale poderá ter US$ 282,9 milhões para planta de briquete nos EUA

26/03/2024
O projeto da Vale foi selecionado através de um mecanismo focado no estímulo a tecnologias inovadoras .

 

A Vale S.A. anuncia que sua subsidiária Vale USA foi selecionada pelo Departamento de Energia do Governo dos Estados Unidos para iniciar as negociações visando a concessão de financiamento no âmbito da Bipartisan Infrastructure Law (Lei Bipartidária de Infraestrutura) e do Inflation Reduction Act (Lei de Redução da Inflação), como parte do Industrial Demonstrations Program (Programa de Demonstrações Industriais). A Vale prevê o desenvolvimento de uma inovadora unidade industrial de briquetes de minério de ferro nos EUA, a primeira no mundo a aplicar o processo patenteado de aglomeração a frio de briquetes para a rota de redução direta.

O projeto da Vale foi selecionado através de um mecanismo focado no estímulo a tecnologias inovadoras que possam entregar soluções em escala comercial para proporcionar reduções significativas de emissões nos setores de difícil abatimento.

Anunciado pela Vale em 2021, após quase 20 anos de desenvolvimento no Centro Tecnológico da Vale em Minas Gerais, o briquete é produzido a partir da aglomeração em baixa temperatura de minério de ferro de alta qualidade, utilizando uma solução tecnológica de aglomerantes que conferem ao produto final alta resistência mecânica. A primeira planta do mundo foi inaugurada pela Vale em 2023, em Vitória (ES).

De acordo com a Vale, a seleção pelo Departamento de Energia dos Estados Unidos “representa um passo crítico para a validação da tecnologia proprietária de aglomeração a frio da Vale e seu potencial para entregar uma solução transformadora para descarbonizar o setor siderúrgico, e destaca a liderança da Vale e do Brasil no desenvolvimento de soluções de descarbonização para a indústria siderúrgica global”.

O financiamento a ser negociado pela Vale para o projeto nos EUA será de até US$ 282,9 milhões e objetiva desenvolver unidades adicionais e customizadas no Brasil e no mundo, para atingir cerca de 100 Mtpa de produção de aglomerados em 2030+, incluindo briquetes e pelotas de minério de ferro.

O briquete de minério de ferro contribui para o cumprimento do compromisso da Vale de reduzir 15% de suas emissões líquidas de escopo 3 até 2035. A empresa também busca reduzir suas emissões absolutas de escopo 1 e 2 em 33% até 2030 e alcançar a neutralidade até 2050, em linha com a ambição do Acordo de Paris.