CONTEÚDO APRESENTADO POR:

TLO: carregamento de vagões com segurança, eficiência e precisão

Equipamentos Train Load Out (TLO) da Sandvik, permitem carregar vagões com velocidade e baixíssima taxa de desperdício.

O momento do carregamento é um ponto crítico na cadeia de valor de diversas operações. Nesse sentido, literalmente, não há tempo a perder, pois qualquer impacto na eficiência desse processo pode representar grandes perdas de receitas. Por isso, o TLO da Sandvik é um equipamento de carregamento de vagões que agrega muito valor aos circuitos em que atua.

O TLO é um sistema de carregamento para plantas com capacidades de produção acima dos 5 milhões de toneladas/ano e é integrado aos sistemas ERPs das plantas. Com características adaptáveis aos mais diferentes materiais - como minério de ferro, fosfatos, bauxita, carvão ou coque - o sistema monitora a tara  dos vagões vazios, faz o carregamento preciso de material e monitora o peso bruto de cada vagão depois de cheio. 

Todo esse processo ocorre de forma contínua, sem necessidade de desperdício de tempo, com margem de precisão de 0,5% entre o valor esperado e o carregado, evitando desperdícios também de materiais transportados.

Além disso, a distribuição uniforme do material pelo volume disponível no vagão garante maior estabilidade, segurança e eficiência no transporte da carga. Esse monitoramento evita sobrecarga de vagões, diminuindo impactos de manutenção dos vagões e das linhas férreas, além de aumentar o volume entregue pelos circuitos. A operação da estação de carregamento de vagões também é otimizada, feita em tempo real através de uma interface simples, podendo ser realizada in loco ou remotamente, mesmo distante do local da instalação.  

Robustez tecnológica

Todas as articulações do sistema TLO são  seladas e automaticamente lubrificadas. Trata-se de uma ferramenta robusta, com silo de pesagem para a versão gravimétrica, com sistema de despoeiramento integrado na região de carregamento do vagão, válvula guilhotina, chute de carregamento de vagões com proteções laterais de para evitar queda de material para a linha férrea além de controle de emissão de ruídos. Um sistema fechado que evita emissões para o meio ambiente.

Esses equipamentos são preparados para suportar situações ambientais extremamente hostis. Há TLOs em operação em climas com temperaturas de -20ºC, na China, ou desérticas, como mais de 40ºC , na Austrália. Além de locais com chuvas constantes, como em Carajás, no norte do Brasil. Independentemente dessas condições, os TLOs da Sandvik são confiáveis graças aos componentes hidráulicos e elétricos feitos com materiais de excelência e revestimentos de proteção especiais.

Integração é a chave

No contexto do carregamento, dois processos são fundamentais: o sistema de manuseio de materiais /recuperação de material das pilhas de estocagem (stockpile/reclaiming system) e o silo de acumulação (surge bin) que irá fazer o carregamento dos vagões. A performance do carregamento dos trens está diretamente relacionada, e muitas vezes limitada, por esses dois sistemas. No geral, trabalham de forma desconexa.

Logo, um sistema de recuperação mal projetado, uma alimentação insuficiente de material ou um silo com design que prejudique o fluxo do material podem trazer impacto negativo significativo para todo o processo de carregamento dos trens. 

Por isso, conforme acontece no TLO, esses dois sistemas precisam atuar em sintonia, um considerando a performance e necessidades do outro. Só assim é possível alcançar o nível de entrega que os equipamentos TLO garantem aos circuitos que integram. 

Este conteúdo é de responsabilidade da Sandvik Rock Processing Solutions.
A seção "Direto da Fonte" reproduz conteúdos diretamente de seus idealizadores.