25/02/2021
BARRAGENS

Vale anuncia desinterdição de Itabiruçu

A Vale informa que, em linha com seu plano de retomada de produção de minério de ferro, foi retirado o nível de emergência da barragem Itabiruçu, localizada no Complexo de Itabira, após profunda análise sobre suas caraterísticas geotécnicas. Portanto, a barragem está desinterditada e dentro dos parâmetros legais de segurança.

A unidade de Itabiruçu estava com sua operação suspensa desde outubro de 2019, quando a Vale, em acordo com os órgãos de fiscalização externos, decidiu suspender temporariamente a disposição de rejeitos na barragem. E desde então a mesma estava sob o protocolo de emergência Nível 1, que não exige evacuação da população localizada a jusante da estrutura. 

Para que o nível de emergência 1 fosse retirado, a empresa teve que realizar uma vasta campanha de investigação geotécnica, além de realizar vários estudos de fundação, geologia, método construtivo, que indicaram com maior precisão as condições atuais da barragem. 

A barragem de Itabiruçu faz parte do Complexo Itabira, onde a Vale, em 2020, produziu 23,9 milhões t de minério de ferro, bem abaixo dos 40 milhões t de capacidade instalada. “Importante esclarecer, ainda, que estão em curso investigações geotécnicas complementares para determinar as medidas de engenharia para a continuidade das obras de alteamento da barragem, aumentando, dessa forma, a flexibilidade operacional do complexo, enquanto os projetos de filtragem de rejeitos como solução definitiva para o complexo, estão sendo implementados com expectativa de start-up em 2022”, informa a Vale.

Veja também