23/01/2019
OURO

NX Gold revela bom potencial

A Ero Copper apresentou relatório técnico para a Mina NX Gold, localizada no Mato Grosso, onde a empresa possui 97,6% de propriedade. De acordo com o levantamento a mina tem alto teor de reserva mineral inicial de 11,40 gramas por tonelada de ouro e teor inicial de recurso mineral de 16,01 grama por tonelada de ouro; a mina tem baixos custos operacionais, de US$ 594 por onça de ouro produzido, além de um grande pacote de licenças minerais (31.716 hectares) que permite um programa de exploração autofinanciado e composto por cinco plataformas de perfuração de exploração (uma perfuratriz adicional programada para chegar durante o 1º trimestre de 2019) para aumentar rapidamente os recursos minerais e reservas. 
 
“Com base no forte resultado de produção de quase 40 mil onças da NX Gold em 2018, este relatório serve como uma linha de base para continuar a crescer a operação de mineração. Com cinco perfuratrizes atualmente operando na propriedade, empreendendo programas focados no aumento da base de recursos minerais e reservas minerais e prolongando a vida da mina, acreditamos que ainda há um valor considerável a ser desbloqueado. Adicionalmente, espera-se que os programas de exploração planejados em andamento sejam totalmente financiados pelo fluxo de caixa gerado internamente pela mina”, comentou David Strang, Presidente e CEO da Ero Copper.
 
A Ero Copper pretende fornecer atualização sobre o projeto NX Gold em seus balanços trimestrais, bem como fornecer um relatório técnico atualizado incluindo novas estimativas de recursos minerais e reservas durante o 3º trimestre de 2019. Além disso, a NX Gold deixará de ser classificada como um ativo mantido para venda e será consolidado nos resultados financeiros da Erro, juntamente com a MCSA.

Veja também