Seminário discute reconversão produtiva

31/05/2022
Especialistas vão debater alternativas e oportunidades de diversificação econômica em territórios com grande dependência da atividade minerária.

O 37º Congresso Mineiro de Municípios a ser realizado nos dias 1 e 2 de junho no Expominas, em Belo Horizonte (MG), vai promover o 2º Seminário Estadual de Reconversão Produtiva em Territórios Minerados e o 1º encontro Regional do ICLEI Minas Gerais. Especialistas vão debater alternativas e oportunidades de diversificação econômica em 13 territórios, distribuídos em sete regiões do estado, todos com grande dependência da atividade minerária.

O Seminário Estadual de Reconversão Produtiva em Territórios Minerados, lançado em fevereiro de 2020, tem a parceria da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de Minas Gerais (Sede), Sebrae, Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Banco de Desenvolvimento de Minas gerais (BDMG), Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) e Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais (Amig). 

O projeto oferece instrumentos de apoio para lideranças públicas e empresariais na formação de uma governança local que atue na construção de uma agenda estratégica para cada município de olho na diversificação econômica. “São 13 municípios dependentes da mineração e outros 56 impactados por eles, totalizando 69 cidades”, diz Anderson Cabido, analista do Sebrae Minas. 

O projeto-piloto implementado em Itabira (janeiro/2021) envolveu aproximadamente dez municípios. A iniciativa chegou também em Itabirito, atingindo outros quatro municípios próximos. “A expectativa é iniciar o projeto em mais três territórios e alcançar cerca de 15 cidades em 2022”, disse Cabido. 

O 37º Congresso Mineiro de Municípios tem como tema “Governança e desenvolvimento em foco nas gestões municipais” e faz parte do projeto Desenvolve Minas, parceria entre a Associação Mineira de Municípios (AMM) e Sebrae.

Tags