10/06/2020
COVID-19

Setor doou R$ 884 mi para combate

O Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), em parceria a 44 mineradoras e entidades do setor, mostra que o setor mineral já doou R$ 884,26 milhões para diversas ações de combate à COVID-19. As empresas do setor têm atuado junto às comunidades dos locais onde atuam, com o auxílio de autoridades em todos os níveis. 

Recentemente, por exemplo, o Ibram doou 110 mil máscaras a 34 cidades indicadas pela Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil (AMIG) que não estavam conseguindo comprar este equipamento. Além disso, milhares de máscaras estão sendo produzidas nos projetos sociais apoiados pelas mineradoras.

Por meio dos contatos no exterior, as companhias conseguiram comprar e doar milhares de EPI’s - aventais, máscaras, óculos – para profissionais da saúde, kits de teste rápido para o governo, além da compra de centenas de respiradores e outros equipamentos médicos necessários neste momento da pandemia. As mineradoras contribuíram também para obras de reforma, ampliação e adequação de hospitais e centros de saúde nas cidades mineradoras e também na construção de hospitais de campanha.

O Ibram tem orientado as cerca de 130 empresas associadas a adotarem as medidas determinadas pelas autoridades sanitárias, principalmente as de Saúde, do Brasil, e a Organização Mundial de Saúde (OMS), com a finalidade de aumentar a proteção à saúde de seus empregados, terceirizados e demais pessoas com as quais essas mineradoras mantêm contato diário. As mineradoras em sua grande parte colocaram funcionários de grupos de risco, idosos, entre outros, para trabalhar remotamente (home office), adotaram medidas para evitar aglomeração e manter os empregados cruciais à manutenção da produção de minérios, bem como à segurança operacional, sempre protegidos de qualquer eventual contaminação, condição essencial para a manutenção das atividades essenciais de mineração. Empregados que apresentam qualquer tipo de sintoma são acompanhados pelas equipes de saúde das mineradoras.