RHI Magnesita amplia produção em Contagem

25/11/2021
A planta aumentará a capacidade de produção de isostáticos, das atuais 2 mil toneladas/ano para 5 mil toneladas anuais. 

A RHI Magnesita anunciou investimentos de R$ 7,5 milhões em sua planta de Contagem (MG), onde será implantada a tecnologia Deltek. Com isto, a empresa pretende alavancar a estratégia de crescer no mercado de controle de fluxo (flow control). Com a nova tecnologia, a planta aumentará a capacidade de produção de isostáticos, das atuais 2 mil toneladas/ano para 5 mil toneladas anuais. 

Os isostáticos são aplicados pelas siderúrgicas no controle de fluxo durante a fase de lingotamento do aço. São produtos de alta precisão e qualidade, uma vez que atuam em uma etapa complexa e sensível do processo siderúrgico. Cada peça usada no processo de produção passa por análise de raio-X para identificar possíveis fissuras ou deformidades. "Com uma abordagem holística do processo, a RHI Magnesita oferecerá um portfólio completo para controle de fluxo. Nossas soluções permitirão aos nossos clientes produzirem um aço mais limpo e ecológico, com maior produtividade e segurança", afirma o vice-presidente de Controle de Fluxo da RHI Magnesita, Rodrigo Parenzi. 

A implantação da tecnologia Deltek na unidade de Contagem está concluída e a produção já está em escala industrial. Com a atualização tecnológica, a RHI Magnesita ganhará mais eficiência, qualidade e competitividade na fabricação de isostáticos, condicionantes para a expansão nesse mercado. Os investimentos em tecnologia e capacidade produtiva de isostáticos da RHI Magnesita estão alinhados ao cenário de demanda aquecida no setor siderúrgico. Um exemplo é o Brasil, que, segundo o Instituto Aço Brasil, registrou consumo aparente de 21 milhões de toneladas de aço até setembro, alta de 37,3% na comparação com o mesmo período de 2020.