08/06/2021
VALE

Paralisação no Complexo Mariana

A Vale paralisou a circulação de trens no Ramal Fábrica Nova, da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), localizado no Complexo Mariana (MG), em atendimento à notificação da Superintendência Regional do Trabalho de interdição das atividades em áreas próximas à barragem Xingu, da Mina Alegria. 

A medida irá impedir o escoamento do material produzido na Usina Timbopeba durante a interdição e, por consequência, levará à paralisação temporária da produção nesta unidade. O impacto estimado é de 33 mil toneladas de finos de minério de ferro por dia. Também foram interditados alguns acessos internos da Mina Alegria, com impactos parciais na produção da usina estimados em 7,5 mil toneladas de finos de minério de ferro por dia. 

A Vale informa que está tomando as medidas cabíveis para retomar o quanto antes as atividades paralisadas. A companhia avisa que o foco é manter os cuidados necessários para garantir a segurança dos empregados e das comunidades localizadas no entorno de suas estruturas. A mineradora comunica que a Barragem Xingu permanece em nível 2 do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM), em que não há risco iminente de ruptura, seguindo inalteradas as condições de segurança da estrutura. 

A barragem Xingu é monitorada e inspecionada diariamente por equipe técnica especializada e está incluída no plano de descaracterização de barragens da companhia. A Zona de Autossalvamento (ZAS) da Barragem Xingu permanece evacuada, não havendo a presença permanente de pessoas na área.

Veja também

10/06/2021
ARCELORMITTAL | Indenização de moradores em MG
10/06/2021
JAGUAR MINING | Fechamento de Barragem em MG
08/06/2021
MINÉRIO DE FERRO | Vale investe para recuperar liderança
08/06/2021
BARRAGENS | CSN é acionada pelo estado mineiro
20/05/2021
JOVEM APRENDIZ | Vale abre inscrições para 2021
18/05/2021
BARRAGENS | Encontro debate monitoramento