Pacote de terras com potencial no RS

14/06/2021

A Amarillo Gold Corporation alterou seu contrato de propriedade com a IAMGold Corporation e, separadamente, adquiriu uma concessão exploratória adicional para seu Projeto Lavras do Sul (RS). A posição total consolidada de terras da Companhia em Lavras do Sul é agora de 22.278 hectares. “Com uma longa história de mineração de ouro, Lavras do Sul é altamente prospectiva”, disse Mike Mutchler, Presidente e CEO da Amarillo. “Com este acordo renegociado e a recente aquisição de propriedade, a companhia agora simplificou e consolidou um grande pacote de terrenos de alto potencial dentro do campo de ouro de Lavras do Sul”. 

A Amarillo rescindiu seus Termos de Acordo de dezembro de 2007 com a IAMGold e os substituiu por um Contrato de Compra de Imóveis que transferirá a titularidade das propriedades da IAMGold para a Energia Mineral Ltda., uma afiliada da Amarillo estabelecida com parceiros brasileiros para atender aos requisitos da Área de Fronteira com o Brasil.

O novo acordo cobre 5.659 hectares e dá à Energia 100% da propriedade das quatro concessões minerais e elimina a propriedade de 20% da IAMGold. Todos os direitos de retorno do IAMGold foram encerrados.

De acordo com o contrato, a Amarillo pagará à IAMGold um total de US$ 700 mil em pagamentos em andamento à medida que as propriedades são desenvolvidas. O Contrato de Compra também aumenta o royalty líquido de fundição da IAMGold de 2% para 3%, dos quais 1% pode ser recomprado por US$ 1 milhão.

A concessão de exploração também foi adquirida através da Energia através do processo de leilão de exploração da Agência Nacional de Minas. Ele cobre um terreno que se junta imediatamente ao atual pacote de terras.

A Amarillo começou a explorar novos depósitos econômicos de ouro na propriedade usando geoquímica do solo, mapeamento de superfície, abertura de valas, geofísica aerotransportada e terrestre e perfuração de diamante.

A equipe de exploração de Lavras identificou pelo menos 23 alvos de ouro conhecidos e mostras por meio de sua abordagem sistemática e em fases para a exploração mineral. 

A maior parte da propriedade nunca havia sido explorada por métodos modernos de exploração - devido a uma propriedade de terra fragmentada que remonta ao final da década de 1880 - até 2006. O objetivo geral da Amarillo em Lavras é abrir uma segunda frente de desenvolvimento, que a levará um passo mais perto de realizar sua visão de se tornar um produtor de ouro brasileiro de médio porte.