15/02/2018
TERRAS RARAS

UMC terá complexo no Alasca

A Ucore Rare Metals decidiu construir seu primeiro complexo de metais estratégicos para separação de terras raras na cidade de Ketchikan, no Alasca. O local servirá como uma instalação para processamento do material que será produzido no projeto de terras raras pesadas de Bokan-Dotson Ridge, controlado pela URM. A mina contém 5,8 milhões de toneladas com 0,6% de Óxidos de Terras Raras, dos quais mais de 40% são terras raras e Ítrio.

O SMC estará baseado na tecnologia da planta piloto SuperLig One, a qual a companhia acredita que pode atingir os níveis de produção comercial. Em agosto de 2017, a Orca Holdings pagou à Ucore US$ 2,5 milhões pela planta piloto SuperLig One, que alugou de volta para a Ucore por três anos, a uma taxa de leasing de 15%.

 

Veja também

05/07/2018
TERRAS RARAS | Nova equipe assume na Serra Verde
25/04/2018
TERRAS RARAS | Ilha no Japão pode mudar o jogo
19/01/2018
TERRAS RARAS | Superímã aproxima Brasil e Alemanha
11/10/2017
TERRAS RARAS | IV Seminário acontece em São Paulo
21/09/2017
TERRAS RARAS | Brasil terá laboratório-fábrica em 2018
05/01/2017
TERRAS RARAS | Embrapii e CBMM investem em nova etapa
17/08/2016
TERRAS RARAS | Serra Verde anuncia tecnologia canadense