29/06/2018
VOTORANTIM CIMENTOS

Fábrica de Xambioá recebe prêmio

A fábrica de Xambioá (TO) da Votorantim Cimentos recebeu, no mês de junho, o Troféu Responsabilidade Ambiental do Prêmio Mérito Ambiental do Tocantins 2018. A premiação é voltada a empresas, universidades e organizações não governamentais que desenvolvem iniciativas em prol da preservação e defesa do meio ambiente no Tocantins.

Em 2017, a unidade da Votorantim Cimentos não destinou resíduos para aterro sanitário após a implantação de tecnologias que viabilizaram a alta produtividade industrial com significativos ganhos ambientais. O projeto de destinação dos resíduos internos, via coprocessamento, como medida que contribui para reduzir os volumes de resíduos depositados no ambiente e emissões de CO2, recebe o reconhecimento por ser uma solução sustentável de gestão de resíduos sólidos diante de um cenário desafiador. No Tocantins, apenas o aterro sanitário de Araguaína aceita resíduos de empresas privadas.

A Votorantim Cimentos investiu R$ 200 mil para vencer as dificuldades logísticas desde 2015 e coprocessa resíduos gerados internamente, incluindo materiais não-recicláveis e também contaminados, como combustível alternativo para seu forno de clínquer.

Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), embalagens de produtos químicos, pó de serra usados em limpezas de equipamentos sujos de graxa e óleo e estopas, entre outros resíduos, geram energia, sendo que eventuais cinzas são incorporadas na estrutura cristalina do clínquer produzido na unidade. O procedimento conta com devido licenciamento e aprovação do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins).

“O reconhecimento que recebemos com essa premiação demonstra a importância que a discussão sobre o tema de gestão de resíduos possui no âmbito estadual. Essa é uma questão que envolve uma mudança de postura da sociedade, tanto da população de forma geral quanto das esferas pública e privada”, afirma o assessor de Meio Ambiente da Votorantim Cimentos, Ângelo Zerbini. Em todo o Brasil, a Votorantim Cimentos realiza o coprocessamento em 15 unidades, distribuídas em 11 Estados e no Distrito Federal. A empresa possui como meta global utilizar, em média, 30% de combustíveis não fósseis em suas fábricas até 2020. No País, 25% dos combustíveis usados em todas as nossas operações em 2017 tiveram como origem fontes renováveis.

Veja também

14/11/2018
VOTORANTIM CIMENTOS | Patrimônio geológico em Pernambuco
08/11/2018
VOTORANTIM CIMENTOS | Programa de educação em Nobres
11/10/2018
CIMENTO | Vicat assume controle da Ciplan
11/10/2018
KINROSS | Prêmio por trabalho em Paracatu
16/08/2018
CIMENTO | Vendas caem 2,5% em julho