14/10/2019
MANGANÊS

Zeus Mineração faz primeiro embarque

A Zeus Mineração Ltda embarcou 55 mil toneladas de manganês no navio sul-africano African Raptor no Porto do Pecém (CE). O minério foi extraído no município cearense de Pentecoste. “Nos inspiramos numa operação realizada em St. John’s, no Canadá. Entramos em contato com o porto de lá e conseguimos adquirir um equipamento semelhante ao que eles usam. Estamos fazendo o uso desse equipamento pela primeira vez sem haver a necessidade de colocar essa carga no chão. Ou seja, uma operação ecologicamente correta”, diz Waldir Sampaio, Diretor Executivo de Operações do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.
 
O equipamento utilizado é uma “baia graneleira” (Bulkbraz), de alta eficiência operacional, pois proporciona carregamentos rápidos de navios graneleiros. O primeiro embarque desse tipo de minério está sendo considerado um marco na história das operações do porto cearense. “Com a inovação desse novo equipamento abre-se a possibilidade de atração de novos exportadores de granéis sólidos pelo Pecém, que sem dúvidas tem uma localização geográfica privilegiada e estratégica. Por aqui encurtamos distâncias com portos americanos, europeus e asiáticos, através do canal do Panamá”, diz Carlos Alberto Alves, Gerente Comercial da Tecer Terminais. “Ficamos satisfeitos com o serviço que foi prestado e muito contentes pelo primeiro embarque ter sido um sucesso”, disse Luis Gustavo Moretti,  Diretor da Zeus Mineração Ltda.
 
O manganês embarcado em Pecém seguiu para os portos de Bahodopi (Indonésia) e Tiasin (China), onde o minério será descarregado. “São 55 mil toneladas de manganês que saem do Ceará para dois países na Ásia. Assim geramos mais emprego e renda tanto na mina em Pentecoste, como aqui no Pecém. Esse foi apenas o nosso primeiro embarque desse tipo de minério. E ainda teremos, ainda nesse ano, mais dois embarques para que o manganês entre na pauta de exportações cearenses”, disse Danilo Serpa, Presidente do Complexo Industrial e Portuário do Pecém. No próximo dia 25 de outubro um novo carregamento de manganês deve ser exportado pelo terminal portuário cearense que faz parte do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.