03/12/2020
ENERGIA SOLAR

Vale investe US$ 500 milhões em MG

A Vale anunciou projeto para geração de energia solar denominado ‘Sol do Cerrado’, no município de Jaíba (MG). O projeto prevê a construção de usina fotovoltaica com 17 subparques, que irão somar capacidade instalada de 766 megawatts pico (MWp). 

O ‘Sol do Cerrado’ contempla ainda a implantação de uma subestação elevadora, linha de transmissão e bay de conexão na Subestação Jaíba em 230 kV, com contratos assinados para a conexão ao Sistema Interligado Nacional brasileiro. Com investimentos de aproximadamente US$ 500 milhões previstos para sua implantação, em função de sua localização e escopo, o projeto é elegível a linhas de financiamento sustentáveis. O investimento é alternativa estratégica que, além de auxiliar no alcance das metas de sustentabilidade e competitividade, irá proporcionar redução de cerca de US$ 70 milhões por ano nos custos de energia elétrica.

O projeto entrará em operação no 4° trimestre de 2022 e produzirá cerca de 193 megawatts médios (MWm) por ano de energia para as operações da Vale, o que corresponde a 13% da demanda estimada da mineradora em 2025. A geração solar, localizada na região Sudeste, também otimiza o perfil de geração do portfólio da Vale, que tem em sua base a geração hídrica. O projeto é importante contribuição para o protagonismo da Vale no processo de transição para mineração neutra em carbono, com geração de energia renovável e competitiva às operações da Vale e afiliadas.

O projeto de energia solar faz parte de um programa de US$ 2 bilhões em investimentos para redução das emissões de carbono da Vale. O desenvolvimento é contribuição importante para a meta de 100% de autoprodução de energia a partir de fontes renováveis no Brasil, até 2025 e de consumo de 100% de eletricidade renovável globalmente, até 2030.