Vale explica projeto de ampliação de cavas

15/09/2021

A Vale realiza, em 28 de setembro, às 19h, audiência pública referente ao projeto de ampliação das cavas de Tamanduá e Capitão do Mato, do Complexo Vargem Grande, localizadas em Nova Lima (MG). A audiência será virtual e transmitida pelo link http://bit.ly/audienciaTAM-CMT em razão da pandemia da COVID-19. 

O encontro visa dar ciência e esclarecer dúvidas da comunidade sobre o empreendimento, que abrange ampliação das cavas Tamanduá e Capitão do Mato, expansão da Pilha de Disposição de Estéril (PDE) Extrativa, adequação e revitalização de trecho da estrada de acesso ao distrito de Honório Bicalho e realocação de linhas de transmissão de energia e subestações presentes em área operacional da empresa. Além da transmissão, a Vale disponibilizará três pontos de transmissão da audiência pública em comunidades vizinhas ao projeto nos bairros Jardim Canadá (dois) e um no Vale do Sol, no município de Nova Lima. Os interessados em participar devem se inscrever pelo telefone 0800 009 0001, com ligação gratuita. 

Segundo Karina Rapucci, gerente-executiva do Complexo Vargem Grande, o empreendimento é necessário para a continuidade das operações da Vale em Nova Lima. O projeto é necessário à Vale e aproveita as estruturas já existentes no complexo, como usinas, pátios e sistema logístico para escoamento da produção, reduzindo o impacto ambiental. “Representa também a manutenção das atividades econômicas na cidade, como a arrecadação de tributos e impostos, além da criação e manutenção dos postos de trabalho", explica.

A fase de implantação do empreendimento prevê a geração de cerca de 400 empregos no pico de obras. Atualmente, o Complexo Vargem Grande emprega aproximadamente 2.600 profissionais nos municípios de Nova Lima, Rio Acima e Itabirito. O complexo gerou arrecadação de R$ 461,5 milhões em tributos estaduais, municipais e Royalties em 2020, sendo R$ 310,2 milhões de Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM). Do total gerado em 2020, Nova Lima arrecadou R$ 110,5 milhões em CFEM e R$ 60,9 milhões em Imposto sobre Serviços (ISS).

A implantação das cavas Tamanduá e Capitão do Mato vai ampliar a capacidade produtiva para cerca de 17 milhões de toneladas de minério de ferro anuais. O projeto também prevê a ampliação da pilha de estéril PDE Extrativa, com aumento de capacidade de disposição de estéril em 30 milhões de m³. 

A Vale vai desenvolver uma série de programas relacionados à preservação do meio ambiente e segurança das suas operações e da comunidade, como programa de controle de erosão e de monitoramento geotécnico, hídrico e de fauna, além de resgate de fauna, plano de recuperação de áreas degradadas e de gestão ambiental de obras, entre outros.