02/03/2021
AÇÕES

Vale aprova remuneração aos acionistas

O Conselho de Administração da Vale aprovou, dia 25 de fevereiro, a distribuição de remuneração aos acionistas no valor de R$ 4,262386983 por ação, dos quais 3,426505027 por ação na forma de dividendos e R$ 0,835881956 por ação na forma de juros sobre o capital próprio (JCP), apurado com base no balanço levantado na data base de 30 de setembro de 2020. O valor se refere ao segundo semestre de 2020 e o pagamento da remuneração ocorrerá em 15 de março de 2021. 

Para os detentores de ações de emissão da Vale negociadas na B3, será no dia 04 de março de 2021 e a record date para os detentores de American Depositary Receipts (ADRs) negociados na New York Stock Exchange (NYSE) será no dia 08 de março de 2021. As ações da Vale serão negociadas ex-direitos na B3 e na NYSE a partir de 05 de março de 2021. 

Os titulares de ADRs receberão o pagamento através do Citibank N.A., o agente depositário dos ADRs, a partir de 22 de março de 2021. De acordo com a legislação vigente no Brasil, a distribuição de JCP está sujeita à retenção de imposto de renda na fonte, exceto para os beneficiários imunes e isentos que comprovarem atender às condições legais para a dispensa de retenção. Qualquer alteração no cadastro de acionista quanto ao domicílio e perfil fiscais deve ser realizada até o dia 04 de março de 2021, para assegurar a apuração correta do imposto retido na fonte referente ao JCP anunciado nesta data. 

A Vale informa, ainda, que o valor dos dividendos por ação poderá sofrer pequena variação em razão de eventual alteração do número de ações em tesouraria dado o pagamento da remuneração de longo prazo (matching) aos seus executivos. Nesse caso, a Vale fará um Aviso aos Acionistas informando o valor final por ação.