10/09/2020
LÍTIO

Sigma obtém financiamento para Grota do Cirilo

A Sigma Lithium concluiu a obtenção do financiamento de capital necessário para construir o Projeto Grota do Cirilo. Em 12 de agosto de 2020, a Sigma fechou uma colocação privada e emitiu 8.285.200 ações ordinárias a um preço de C$ 2,15 por ação para receitas brutas de aproximadamente US$ 13,3 milhões. A oferta foi aumentada de US$ 10,0 milhões inicialmente anunciados devido à forte demanda de investidores institucionais. A Sigma também assinou um termo de compromisso para um financiamento de projetos com garantia sênior de US$ 45 milhões com a Societé Genèrale, que está sujeito às condições habituais de fechamento. Esses valores serão complementados por US$ 27 milhões que ainda precisam ser desembolsados sob um contrato de pré-pagamento de produção com a Mitsui & Co. Ltd. para financiar totalmente o Projeto.

O Projeto Grota do Cirilo será projetado para produzir 220.000 toneladas por ano de concentrado de lítio de 6% de grau de bateria de alta pureza em sua primeira fase, seguido por um adicional de 220.000 toneladas por ano em sua segunda fase estimada para iniciar em 2023, dobrando a capacidade de produção planejada para 440.000 toneladas anuais. “O mérito pelas conquistas excepcionais da Sigma durante estes tempos sem precedentes pertence a toda a equipe. Seu compromisso inabalável de levar a Sigma à produção e trazer prosperidade econômica ao empobrecido vale do Jequitinhonha os levou a dar o seu melhor e nunca ceder, mesmo no máximo momentos difíceis. Nossa cultura corporativa ágil e não hierárquica continuou a promover uma colaboração excelente em todas as áreas, fornecendo à Sigma uma velocidade única para lidar simultaneamente com vários fluxos de trabalho de execução”, disse Ana Cabral-Gardner, Co-Presidente e Diretora de Estratégia da Sigma.

Os planos da Sigma para o restante de 2020 são o de iniciar a engenharia detalhada para construir a planta do Projeto, mina e infraestrutura associada para a Primeira Fase de Produção, onde os empreiteiros de engenharia irão: finalizar um conjunto selecionado de produtos de engenharia para atingir 30% de definição de engenharia; Avançar a aquisição de equipamentos críticos e de longo prazo para o status de contrato "Pronto para adjudicação"; Antecipar a preparação do local (obras civis) e completar a estratégia de contratação para construção e otimizar e reduzir a contingência aplicada ao GMP Multimoedas para determinar um preço fixo "custo fixo chave na mão" para o EPC da planta de processamento comercial e infraestrutura de processo associada, além de obter uma proposta completa e firme para o contrato EPC e execute o contrato EPC. 

Após a aprovação do estudo Plano de Aproveitamento Econômico ("PAE") para o segundo depósito do Projeto, a Sigma irá acelerar as primeiras etapas da Segunda Fase de Produção, que está estimada para entrar em operação em 2023; Iniciar o processo de licenciamento ambiental realizando o estudo de impacto ambiental da jazida e protocolando-o no órgão ambiental do estado de Minas Gerais; Finalizar um estudo de pré-viabilidade para o depósito, validando seu potencial econômico e as estimativas de custos de produção delineados no PAE usando os parâmetros do Instrumento Nacional do Canadá 43-101 e concluir a formalização do acordo vinculativo take or pay com a Mitsui & Co. Ltd para a primeira fase de produção, aumentando para 160.000 toneladas por ano de concentrado de lítio.