27/01/2021
SIGMA

Resultados positivos para Barreiro

A Sigma Lithium obteve resultados excepcionais em ensaios metalúrgicos realizados para avaliar, entre outros parâmetros, a recuperação de lítio da jazida do Barreiro, proposta para ser desenvolvida na Fase 2 do Projeto Grota do Cirilo da companhia. Os testes metalúrgicos incluíram uma avaliação de separação de líquidos pesados (HLS) para determinar até que ponto um processo de separação baseado na gravidade, ou separação de meios densos (DMS) poderia recuperar com sucesso o lítio do minério de espodumênio. 

O trabalho de teste HLS feito em minérios de 6,3 mm e 10 mm alcançou excelentes recuperações de lítio de 70,2% e 66,1%, respectivamente, produzindo um concentrado de espodumênio de classe de bateria de 6% Li2O dentro dos mais altos níveis de especificações exigidas pelo mercado químico de lítio sem o uso de flotação ou reagentes químicos perigosos, como ácido sulfúrico, no processo de concentração. Isso é consistente com a intenção da Sigma de continuar a processar seu minério de lítio de uma maneira ecologicamente correta e sustentável. 

Os resultados dos testes metalúrgicos serão usados para apoiar um estudo em andamento para atualização do relatório técnico intitulado “Projeto Grota do Cirilo Lítio, Regiões Araçuaí e Itinga, Minas Gerais, Brasil, Instrumento Nacional 43-101 Relatório Técnico de Estudo de Viabilidade Relatório Final”. A Sigma contratou a SGS Canada Inc. para atualizar o Relatório de Estudo de Viabilidade para incluir a mineração e processamento de minério do depósito do Barreiro com o objetivo de dobrar a capacidade de produção planejada da companhia de um concentrado de Espodumênio mais sustentável para bateria, com 6% Li2O. A capacidade passaria para 440 mil toneladas anuais na Fase 2 do projeto. 

Calvyn Gardner, CEO e Co-Presidente do Conselho de Administração da Sigma, disse que a duplicação da capacidade planejada com baixo Capex adicional indicado pelos testes metalúrgicos tem o potencial de transformar significativamente a Sigma, aumentando suas economias de escala. “Estamos muito satisfeitos por termos concluído com sucesso esta etapa crucial com a SGS Canada Inc., como parte dos fluxos de trabalho envolvidos na atualização do Relatório do Estudo de Viabilidade com o depósito do Barreiro (Fase 2), que seria totalmente integrado ao complexo de produção da Xuxa (Fase 1) depósito, atualmente em pré-construção. O Relatório de Estudo de Viabilidade tem 20,5 milhões de toneladas de recursos minerais medidos e indicados (10,3MT medidos e 10,2MT indicados) no depósito do Barreiro”.

Veja também