19/06/2019
EMPRESAS DO ANO

Resiliência marca festa de premiação

As palavras resiliência e retomada foram as mais ouvidas durante a festa de premiação das Empresas do Ano do Setor Mineral, realizada na tarde do dia 18 de junho, em São Paulo e que reuniu cerca de 200 convidados entre autoridades, dirigentes das empresas premiadas e lideranças do setor mineral brasileiro.

Na ocasião foram premiadas as empresas Buritirama Mineração e CBMM (no segmento de Ferrosos), CBA e Nexa Resources (Não-Ferrosos), AngloGold Ashanti e Yamana (Metais Preciosos), AMG e Mosaic Fertilizantes (Minerais Industriais e Fertilizantes), AB Areias e Martins Lanna (Agregados).

A maioria dos dirigentes das empresas premiadas afirmou que o setor precisa intensificar seus esforços de comunicação com a sociedade, principalmente no sentido de que a atividade de mineração, além de produzir bens essenciais ao bem estar dos cidadãos, pode ser exercida de forma segura e sustentável. Também afirmaram que as empresas estão investindo em inovação, na gestão segura dos rejeitos, na segurança de suas operações e está buscando novos caminhos e adotando medidas para evitar que novos acidentes (como os de Mariana e Brumadinho) aconteçam.

Na cerimônia também foi prestada uma homenagem à GEOSOL, pelos 65 anos de atuação em prol da exploração mineral brasileira.

Para maiores detalhes da festa de premiação das Empresas do Ano do Setor Mineral visite a página da Brasil Mineral no Facebook.

Veja também

28/11/2019
FORUM BRASIL MINERAL | Fortalecimento do setor requer união de todos
20/11/2019
FORUM BRASIL MINERAL | Últimos dias para reserva de lugares
13/11/2019
FORUM BRASIL MINERAL | Em debate, os riscos da mineração
28/10/2019
PERSONALIDADES DO ANO | Veja quem foram os eleitos em 2019
18/10/2019
PERSONALIDADES DO ANO | Tem início o processo de votação
21/08/2019
PRODUÇÃO MINERAL | Concentração no setor se mantém elevada
11/07/2019
MINERAÇÃO E COMUNIDADES | O impacto da paralisação de empreendimentos
04/07/2019
MINERAÇÃO & COMUNIDADES | Como a mineração está tratando dos ODS?