11/08/2020
INVESTIMENTOS

Projetos de mineração somam mais de US$ 26 bi

US$ 26,3 bilhões. Este é o montante de investimentos que estão sendo realizados pelas companhias mineradoras no Brasil até 2023, de acordo com levantamento realizado pela revista Brasil Mineral e detalhado na edição especial “As Maiores Empresas do Setor Mineral”, que acaba de ser publicada. Esse valor inclui projetos planejados, programados, em licenciamento e em implantação nos segmentos de minério de ferro, ouro, cobre, níquel, zinco, bauxita, manganês, fertilizantes, lítio, terras raras e vanádio. 

O segmento que conta com maior número de projetos é o de ouro, que está em alta no mercado internacional, com 14 projetos, seguido pelos de cobre (10 projetos) e minério de ferro (9 projetos). Em valores, no entanto, os principais investimentos serão direcionados para o minério de ferro, com US$ 8,6 bilhões, principalmente devido aos projetos da Bamin e SAM, que abrirão uma nova fronteira de produção de minério de ferro no norte de Minas Gerais e sul da Bahia. Os projetos de cobre somam aproximadamente US$ 2,3 bilhões, enquanto os de ouro devem ter investimentos da ordem de US$ 1,6 bilhão. Confira os detalhes desses projetos em www.brasilmineral.com.br/revista/401

Veja também

16/09/2020
BARRAGENS DE REJEITO | Como cumprir os prazos da nova lei?
03/09/2020
INVESTIMENTOS | Na pandemia, menos US$ 7,5 bi em Capex
08/07/2020
INVESTIMENTOS | Aura Minerals abre caminho na B3
01/07/2020
BRASIL MINERAL ENTREVISTA | A situação da indústria do alumínio no País
03/06/2020
MINERAÇÃO & COMUNIDADES | O que fazer durante e depois da pandemia?
07/05/2020
INVESTIMENTOS EM MINERAÇÃO | O direito minerário como garantia para financiamentos
17/04/2020
MINERACÃO & COVID-19 | Setor se adapta e mantém investimentos
09/04/2020
INVESTIMENTOS | Ore tem US$ 50 mi para pequenos projetos
06/04/2020
CARTA DOS EDITORES | Brasil Mineral e o novo Coronavírus