21/01/2021
LARGO RESOURCES

Produção e vendas recordes em 2020

A Largo Resources Ltd. informa que a Mina Maracás Menchen superou sua meta de produção para 2020 e a de vendas em 260 toneladas de vanádio. “As operações na Mina Maracás Menchen tiveram um final de ano excepcionalmente forte, resultando em novos recordes de produção trimestrais e anuais. Também estou satisfeito em informar que a empresa excedeu sua orientação de vendas para 2020 em 260 toneladas, com vendas de 3.751 toneladas de V2O5, o que representa um novo recorde de vendas trimestrais para a empresa”, disse Paulo Misk, Presidente e CEO da Largo. 

Em 2020, a largo implementou suas novas operações de vendas e comercialização, iniciou a construção de sua planta de V2O3 e lançou o Largo Clean Energy em meio a uma pandemia global. “Toda a equipe da Largo gostaria de aproveitar esta oportunidade para estender nossas condolências a todos que foram afetados por este vírus”. “Continuo confiante de que os processos operacionais e de vendas que instituímos em 2020 estabeleceram uma base sólida para o crescimento contínuo em 2021. Temos o prazer de informar que esperamos aumentar a produção anual de V2O5 da Largo de 11.825 toneladas em 2020, 12% superior a 2019, para entre 12.000 - 12.500 toneladas de equivalente V2O5 em 2021” disse Misk. 

A expectativa da Largo também é ampliar as vendas de V2O5  a 12.250 - 12.750 toneladas em 2021, representando um aumento de 22% em relação a 2020. “Continuamos avançando no robusto pipeline de projetos da empresa com o objetivo de aumentar significativamente o valor para os acionistas da Largo. Planejamos lançar um relatório técnico atualizado no final do primeiro trimestre de 2021 para atualizar e expandir os recursos conhecidos e incorporar a planta V2O3 e os projetos de pigmento de dióxido de titânio (TiO2)”. 

Para Misk, os preços do vanádio aumentaram nas primeiras semanas de 2021 em todos os principais mercados devido à sólida demanda, estoques baixos e otimismo renovado no complexo industrial e de metais em geral. “Também acreditamos que o interesse crescente do setor de baterias continuará a impulsionar o crescimento da demanda futura de vanádio em 2021 e nos anos seguintes. Com a adição da Largo Clean Energy em dezembro de 2020, estamos trabalhando para desenvolver nosso negócio de armazenamento de energia limpa em 2021 para fornecer sistemas de bateria de fluxo redox de vanádio (“VRFB”) seguros e sustentáveis para o mercado de energia renovável em rápido crescimento”. A implantação global de armazenamento de energia deve chegar a 1.095 GW / 2.850 GWh em 2040 e os VRFBs de longa duração desempenharão um papel crítico no atendimento a essa demanda significativa. “Continuamos muito entusiasmados para o próximo ano, pois a empresa mantém o trabalho necessário para se tornar um player-chave na indústria de armazenamento de energia renovável”. 

A empresa alcançou um novo recorde de recuperação média global anual de V2O5  de 81,4% em 2020, o que representa um aumento de 4% sobre os 78,5% em média de 2019. O aumento nas recuperações globais deve-se principalmente à conclusão de projetos de melhoria contínua na planta com foco na melhoria das recuperações. A empresa extraiu 1.087.518 toneladas de minério com teor de 1,29% em 2020 em comparação com 1.156.016 toneladas com teor 1,34% em 2019. A diminuição no minério total extraído em 2020 em comparação com 2019 é em grande parte devido aos ajustes operacionais para limitar a força de trabalho do empreiteiro no local da mina durante a pandemia COVID-19, bem como o uso de estoques de minério intemperizado no primeiro semestre de 2020. O desempenho operacional em 2020 permaneceu em linha com os planos da Companhia, apesar das restrições COVID-19 colocadas em vigor. 

A empresa espera concluir a construção e subseqüente ramp up e comissionamento de sua planta de V2O3 no terceiro trimestre de 2021. Os investimentos totais devem ficar na faixa de aproximadamente $ 10,0 a 11,0 milhões, com os restantes $ 7,0 - 9,0 sendo incorridos no primeiro semestre de 2021. Uma das principais aplicações do V2O3 é o eletrólito de vanádio, que é necessário na fabricação de sistemas VRFB. A empresa espera que sua capacidade de produção nominal de V2O3 seja de 14 toneladas por dia (ou 420 toneladas por mês), um aumento de 100% das 7 toneladas por dia planejadas originalmente. A empresa informa que continua monitorando os impactos em evolução da pandemia COVID-19 e tomará todas as medidas possíveis para ajudar a minimizar o impacto sobre a empresa e seu pessoal.

Veja também

10/02/2021
LARGO RESOURCES | Pré-pagamento de linhas de crédito
14/01/2021
LARGO RESOURCES | Acionistas discutem listagem nos EUA
21/12/2020
LARGO RESOURCES | Entrada no mercado de energia limpa
01/07/2020
VANÁDIO | Pöyry firma acordo com a Largo
14/04/2020
VANÁDIO | Largo produz mais 35% no trimestre
31/03/2020
VANÁDIO | Largo anuncia novos investimentos
23/01/2020
VANÁDIO | Riverbank quer explorar no Piauí