30/09/2015
ARCELORMITTAL

Premio Clinton Global Citizen por trabalho contra Ebola

No dia 27 de setembro, a ArcelorMittal foi homenageada com o prêmio Clinton Global Citizen, em Nova York, Estados Unidos. O prêmio marca a liderança da Companhia em 2014 em resposta ao surto do vírus Ebola na África Ocidental.

Lakshmir N. Mittal, Chairman e CEO da ArcelorMittal, disse : "Estou muito orgulhoso da abordagem proativa que tomamos em relação ao surto de Ebola na Libéria, e agradeço o reconhecimento com este prêmio”.

Alan Knight, Gerente geral da Companhia, disse que é uma honra ser reconhecido por nosso papel em resposta ao surto de Ebola na África Ocidental. “Mas é claro que esse prêmio não pode ser só nosso: É um reconhecimento ao Grupo de Mobilização do setor privado, que trabalhou em conjunto para resolver os desafios mais complexos".

Com operações de mineração na Libéria, a ArcelorMittal estava no centro de uma das regiões mais afetadas pelo Ebola, mas a empresa resolveu continuar a trabalhar duro e avançar na proteção de seus funcionários da região. A ArcelorMittal contratou especialistas para assessorar a empresa, mobilizando equipamento médico especialista, e colocando um comitê de gestão, procedimentos e sistemas no lugar.

A ArcelorMittal fundou o Grupo de mobilização do Setor Privado contra o Ebola (EPSMG), inicialmente uma plataforma de partilha de informação entre as empresas para ajudar a combater o Ebola, que rapidamente se estendeu para uma epidemia. No auge, havia mais de 100 companhias, e quase 50 órgãos públicos e ONGs, participando de EPSMG a partir de uma ampla gama de setores e países.

Veja também

24/11/2020
ARCELORMITTAL | Coalizão Empresarial para Equidade
17/11/2020
SUSTENTABILIDADE | ArcelorMittal torna-se membro do GBC Brasil
23/10/2020
5º. MINERAÇÃO &/X COMUNIDADES | Barragens e audiências públicas dominam 3º dia.
20/10/2020
ARTESANATO MINERAL | Artesãos na Bahia são despejados
20/10/2020
MINERAÇÃO & COMUNIDADES | O impacto das barragens para as populações
16/10/2020
MINA TUCANO | Itens básicos para pacientes no Amapá
14/10/2020
MINERAÇÃO &/X COMUNIDADES | Segundo dia discute diversidade nas empresas