14/04/2020
NEXA

Operações seguem suspensas no Peru

A Nexa Resources comunica que o governo peruano ampliou o período de quarentena da população para pelo menos 26 de abril de 2020. A medida visa conter o avanço da pandemia do novo coronavírus. 

Com a decisão do governo do país andino, a Nexa decidiu manter suspensas as operações das minas de Cerro Lindo, Atacocha e El Porvenir e só deverão ser retomadas quando o período de quarentena terminar, conforme definido pelo governo peruano. A Nexa mantém uma equipe mínima necessária para garantir a manutenção e a segurança adequada de cada mina. A expectativa é de que a fundição de Cajamarquilla siga operando com produção reduzida. 

Operações mantidas no Brasil

As operações da Nexa, de fundição e mineração em Juiz de Fora, Três Marias, Paracacu e Vazante, todos municípios de Minas Gerais, continuarão em operação. No projeto de Aripuanã, devido aos procedimentos de segurança adotados pelo Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde do Brasil, a Nexa está restringindo o número de profissionais que estão atuando no local. No segundo trimestre, a Nexa divulgará plano atualizado do projeto, incluindo um novo cronograma e a revisão do Capex. Além disso, a companhia segue implementando procedimentos adicionais de segurança em todas as suas operações para garantir saúde e segurança aos seus colaboradores, terceirizados e comunidades. 

A Nexa adicionou US$ 650 milhões ao seu saldo de caixa por meio da assunção de US$ 350 milhões de dívida adicional em março. Além disso, a empresa solicitou o desembolso completo de sua linha de crédito rotativo, no valor de US$ 300 milhões em abril, conforme anunciado anteriormente. A companhia adota outras medidas para melhorar seu fluxo de caixa, como redução de custos e adiamento de desembolsos de caixa, gastos de capital, desenvolvimento de projetos e investimentos em exploração, além de reforçar seu compromisso com a saúde e segurança dos funcionários, empreiteiros e comunidades.