05/03/2020
CBA

Nova signatária do Pacto Global da ONU

A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) é a nova signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), iniciativa de sustentabilidade corporativa mundial que orienta as empresas a alinharem suas estratégias a dez princípios universais relacionados a direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção. 

Com a adesão, a CBA se compromete a apresentar anualmente o avanço de suas iniciativas em relação aos princípios, como o apoio e não violação aos direitos humanos, a eliminação de discriminação, abolição de trabalho escravo e infantil, abordagem preventiva aos desafios ambientais, incentivo ao desenvolvimento e difusão de tecnologias ambientalmente amigáveis e combate a todas as formas de corrupção. A CBA deve também contribuir para o alcance da agenda global de sustentabilidade, a Agenda 2030, que tem como principal pilar as metas dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os ODS. 

A CBA vai integrar quatro grupos temáticos do Pacto Global, relacionados à Energia e Clima, Direitos Humanos e Trabalho, Anticorrupção e ODS. Esses grupos têm como objetivo debater as melhores práticas para cada uma dessas áreas entre as empresas participantes e os especialistas da ONU e realizar aplicações práticas que possam levar a ganhos para a sociedade. “A sustentabilidade é o ponto de partida que orienta e estrutura todas as nossas ações e projetos. A adesão ao Pacto Global fortalece ainda mais o nosso compromisso com uma atuação responsável, que sempre esteve presente em nossa maneira de produzir alumínio: desde o cuidado incondicional com a segurança das pessoas, passando pelas parcerias para o desenvolvimento das comunidades, a conservação da biodiversidade nas áreas mineradas, até a gestão ambiental eficiente”, afirma Leandro Faria, gerente de Sustentabilidade da companhia.

Veja também