17/12/2020
MALÁRIA

MRN realiza ações em aldeias indígenas

A Mineração Rio do Norte (MRN) atendeu 22 comunidades da região do Alto Trombetas 1 e 2, e das aldeias indígenas Tawanã e Chapéu, no município de Oriximiná (PA) com o Projeto de Combate à Malária. Foram realizadas ações de borrifação e pulverização intradomiciliar.

O projeto integra o Programa de Educação Socioambiental (PES) da MRN em atendimento a condicionantes do Ibama. O projeto tem ajudado a prevenir e controlar a malária na região, além de reduzir a mortalidade infantil e adulta das comunidades. Em 1999, quando o projeto foi implantado, havia 1.126 casos da doença. Já no ano passado, foram registrados 87 casos. “Para nós, esse projeto é muito importante porque, por meio desse trabalho, o mosquito que transmite a doença é eliminado”, declara Manoel Pereira dos Santos, da comunidade Cachoeira Porteira.