20/05/2020
COVID-19

MRN ajuda em pesquisa epidemiológica

O Hospital de Porto Trombetas (HPTR), localizado no distrito de Porto Trombetas, no município de Oriximiná (PA), iniciou pesquisa epidemiológica que abrangerá os cerca de seis mil residentes no distrito. O hospital é mantido pela Mineração Rio do Norte e gerenciado em co-parceria pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar. 

A mineradora entrará com o suporte técnico do departamento de Tecnologia & Informação (TI) da MRN, que desenvolveu o aplicativo para que os profissionais de saúde do hospital pudessem fazer o questionário por meio de smartphones e tabletes. Após a pesquisa, os resultados serão enviados à base de dados do aplicativo, para serem tabulados e analisados, posteriormente. "A partir desse perfil, teremos mais segurança de saber como está a saúde das pessoas, em Porto Trombetas. Esses dados também nos ajudarão a ter maior controle da pandemia", explica Gustavo Estanislau, diretor Clínico e Técnico do HPTR. 

Há 11 anos residindo em Porto Trombetas, a pedagoga Regiane Serrão elogiou a iniciativa. "Em relação ao suporte hospitalar, tivemos dois acompanhamentos muito importantes. O primeiro foi quando uma das minhas filhas teve síndrome gripal e recebemos a visita de uma médica do hospital, evitando que fôssemos ao hospital. E agora recebemos a visita de um profissional da saúde para fazer o levantamento de como está à saúde de toda a nossa família. Esse trabalho é fundamental para prevenção ao coronavírus. Também fazemos nossa parte: temos na entrada de casa um aplicador com álcool, fazendo a higienização das mãos e de toda a casa diariamente, não recebemos visitas e estamos respeitando a quarentena", afirma. 

O Hospital de Porto Trombetas realiza também a testagem sanguínea, como forma de assegurar o retorno dos empregados da MRN para o distrito. Em uma plataforma de análise é possível, com um simples hemograma, ter o indicativo se a pessoa está com algum problema de saúde. A plataforma foi desenvolvida pela startup Beyond Mining, especializada em tecnologia de mineração e inteligência de dados. "Estamos adotando todas as barreiras possíveis para prevenção ao COVID-19, como a pesquisa epidemiológica, a testagem sanguínea, o atendimento dos pacientes, o reforço da equipe médica e de enfermagem, o reforço dos equipamentos hospitalares”, diz Gustavo Estanislau. 

O diretor-clínico do hospital afirma que a participação da MRN é importante, pois a companhia atua como protetora da sociedade, ao adotar todas as medidas de prevenção junto aos seus empregados e comunidades vizinhas. “É importante que todos façam a sua parte, usando máscara, evitando sair de casa e fazer aglomeração, além de ter uma boa higienização pessoal e da casa. Logo isso tudo vai passar e retornaremos a vida ao normal", acredita.

Veja também