13/08/2020
ERO COPPER

Maior produção de cobre e ouro no trimestre

A Ero Copper Corp. produziu 11.178 toneladas de cobre no segundo trimestre de 2020 e teve um fluxo de caixa trimestral recorde de operações de US$ 42,5 milhões.  A companhia registrou também aumento significativo na produção de ouro e prata na Mina de Ouro NX, totalizando 8.739 onças de ouro e 5.327 onças de prata. 

O Ebitda ajustado atingiu US$ 42,4 milhões no trimestre, enquanto o lucro líquido ajustado atribuível aos proprietários da empresa somou US$ 20,3 milhões. “Embora nosso objetivo principal tenha mudado no início da pandemia COVID-19 para priorizar a saúde e o bem-estar de nossos funcionários, contratados, suas famílias e comunidades locais, nosso desempenho operacional, os excelentes resultados financeiros e a execução durante o segundo trimestre são testemunhos do árduo trabalho e empenho da nossa equipe, em particular no Brasil, em tempos muito difíceis para eles e para as suas famílias”, disse David Strang, Presidente e CEO da Ero Copper. “Nas nossas operações e a nível corporativo estamos empenhados administrar os negócios com prudência para que permaneçamos o mais bem posicionado possível para enfrentar quaisquer desafios imprevistos que possam surgir como resultado da COVID-19”. 

O CEO disse que a Ero Copper avança no programa de testes para implantação de seleção de minério no Vale do Curaçá. Até o momento, a companhia testou oito fontes de materiais diferentes em perfis de teores variados. “Estamos muito satisfeitos com os resultados deste programa e continuamos a ver a pré-concentração como uma oportunidade de aumento de valor potencialmente significativa para otimizar ainda mais nossas operações na MCSA. Esperamos fornecer mais clareza sobre a quantificação desse potencial, uma vez que tenhamos finalizado nossa revisão nos próximos meses”. A Ero Copper concluiu as melhorias necessárias no laboratório para permitir a análise interna dos metais do grupo da platina ("PGMs"), o que diminuirá significativamente o tempo de rotação e permitirá que as equipes de exploração analisem sistematicamente os PGMs em todo o Vale do Curaçá pela primeira vez. 

Na exploração, a empresa continua a avançar na mina em Pilar e Vermelhos, mais recentemente destacadas pelos resultados da zona de Deepening Extension do segundo trimestre, onde a Ero continuou a interceptar a mineralização espessa e de alto teor. Há também avaliação de uma série de alvos de exploração regional no Vale do Curaçá para o segundo semestre do 2020. 

A mina de ouro NX da empresa processou 39.108 toneladas de minério com classificação de 7,75 gramas por tonelada de ouro, resultando na produção de 8.739 onças de ouro e 5.327 onças de prata como subproduto após recuperações metalúrgicas que foram em média 89,6% durante o segundo trimestre de 2020; e até o momento, não houve interrupções nas operações, cadeias de suprimentos ou canais de vendas em decorrência da pandemia COVID-19.