17/10/2019
VANÁDIO

Largo tem produção recorde no trimestre

A Largo Resources Ltd. produziu 2.952 toneladas de pentóxido de vanádio (V2O5) em sua mina Maracás Menchen no 3º trimestre, um crescimento de 17% em relação ao trimestre anterior e de 15% na comparação com o mesmo período de 2018. O resultado também marca um novo recorde trimestral de produção para a companhia. O V2O5 foi produzido a uma taxa média global de recuperação de 78,1%.

A produção em julho foi de 1.042 toneladas, um novo recorde mensal de produção de V2O5 para a companhia. O aumento da produção em julho foi consequência do início do segundo “desamoniador” como parte do projeto de expansão, além do consumo de estoques intermediários. A produção de 975 toneladas de V2O5 em agosto ficou um pouco acima do orçamento e foi alinhada com o cronograma de aceleração do projeto de expansão. A produção de 935 toneladas de V2O5 em setembro foi impactada pela disponibilidade da área de lixiviação.

O projeto de expansão da Largo está nos estágios finais de comissionamento após a entrada em operação do novo moinho de bolas, em setembro. A expectativa é de que a capacidade de 1.000 toneladas de V2O5 seja alcançada em outubro.

Paulo Misk, Presidente e CEO da Largo, declarou: "As operações na mina de Maracás Menchen continuaram a produzir fortes resultados no 3º trimestre de 2019, após o aumento da produção como resultado do projeto de expansão. A produção total de V2O5 no ano é de 7.566 toneladas e a empresa mantém sua faixa geral de diretrizes de produção para 2019 de 10.000 a 11.000 toneladas para o ano ".

Veja também

01/07/2020
VANÁDIO | Pöyry firma acordo com a Largo
14/04/2020
VANÁDIO | Largo produz mais 35% no trimestre
31/03/2020
VANÁDIO | Largo anuncia novos investimentos
23/01/2020
VANÁDIO | Riverbank quer explorar no Piauí
16/01/2020
VANÁDIO | Largo tem produção recorde em 2019
17/09/2019
VANÁDIO | Maracás comemora cinco anos
12/09/2019
LARGO RESOURCES | Paulo Misk é novo presidente e CEO
16/08/2019
VANÁDIO | Produção da Largo cresce 20%