14/12/2020
OURO

ETFs tiveram forte saída em novembro

Segundo dados do World Gold Council (WGC), os ETFs lastreados em ouro e produtos semelhantes registraram em novembro as maiores saídas líquidas em 12 meses e as segundas maiores saídas mensais de todos os tempos. As participações nos ETF de ouro caíram 107 toneladas em novembro, US$ 6,8 bilhões ou 2,9% dos ativos sob gestão (AUM) - já que o preço do ouro teve sua pior movimentação mensal (-6,3%, US$ 1763 / oz) desde novembro de 2016, quando caiu 7,4%.

Apesar do fraco desempenho em novembro, as entradas líquidas de 916 toneladas (US$ 50,3 bilhões) em 2020 permanecem bem acima do maior valor anual já registrado, embora abaixo do recorde estabelecido no mês anterior (+1022 t). As participações globais totais estão agora em 3.793 toneladas ou US$ 215 bilhões. Os fundos norte-americanos e europeus perderam, cada um, quase 3% dos ativos (América do Norte: -62 t ou US$ 3,7 bilhões; Europa: -43 t, ou US$ 2,9 bilhões). Já os fundos asiáticos tiveram saídas de 0,4 t (US$ 35 milhões, 0,5%), enquanto os fundos listados em outras regiões tiveram mais um mês de saídas, em relação ao seu tamanho, de 2 t (US$ 126 milhões, 3,3%).

Veja também

20/01/2021
EQUINOX GOLD | Bons resultados em exploração no MA
13/01/2021
EQUINOX GOLD | Produção alcança 477 mil onças em 2020
13/01/2021
YAMANA GOLD | R$ 1 milhão para ajudar Jacobina
13/01/2021
TRILHA GOLD | Acordo de cooperação com o IGEO/UFBA
23/12/2020
MINERAÇÃO SUBTERRÂNEA | Mina Turmalina chega a 1 mil metros
21/12/2020
INCLUSÃO | Aura Minerals adere ao WIM
17/12/2020
EQUINOX GOLD | Aquisição amigável de minas
14/12/2020
AMARILLO GOLD | Mapeamento para desenvolver fornecedores