08/07/2020
OURO

ETFs têm novo mês de fluxo positivo

Os ETFs lastreados em ouro registraram seu sétimo mês consecutivo de fluxos positivos, adicionando 104 toneladas em junho -- o equivalente a US$ 5,6 bilhões ou 2,7% dos ativos sob gestão (AUM). Isso eleva as entradas líquidas globais do primeiro semestre para 734 toneladas (US$ 39,5 bilhões), significativamente acima do nível mais alto de entradas anuais, tanto em termos de tonelagem (646 t em 2009) quanto em valor do dólar americano (US$ 23 bilhões em 2016). 

AS entradas do primeiro semestre de 2020 também são significativamente mais altas do que o nível recorde de várias décadas de compras líquidas do banco central em 2018 e 2019 e podem absorver uma quantidade comparável de cerca de 45% da produção global de ouro no primeiro semestre de 2020.

Veja também