14/05/2020
OURO

ETFs registram US$ 9,3 bilhões em abril

Segundo o Conselho Mundial de Ouro (WGC, em inglês), os ETFs (Exchange- Trade Funds) lastreados em ouro adicionaram 170 toneladas ou US$ 9,3 bilhões de entradas líquidas em abril, elevando as participações a um novo patamar histórico de 3.355 toneladas. Os ativos sob gestão (AUM) também atingiram um novo recorde de US$ 184 bilhões, uma vez que o ouro em dólar subiu 5,8%, informa o WGC. 

Os fundos norte-americanos tiveram entradas de 144 toneladas (US$ 7,8 bilhões, AUM 8,3%) em abril. As participações em fundos europeus aumentaram 20 toneladas (US$ 1,1 bilhão, 1,4% AUM), enquanto os fundos listados na Ásia adicionaram 2,9 toneladas (US $ 206 milhões, 3,9% AUM) e outras regiões tiveram entradas de 3,3 toneladas (US $ 172 milhões, 5,8% AUM). 

Os ativos em ETFs globais lastreados em ouro cresceram durante 11 dos últimos 12 meses, adicionando 80% ao total da AUM. Após as entradas de abril, tanto as participações quanto os ativos de ETFs lastreados em ouro continuam atingindo os maiores valores de todos os tempos. 

Os fundos de ouro do Reino Unido continuam a conquistar participação de mercado regional e global, representando agora 47% dos ativos europeus e 21% dos ativos globais. Os ETFs de baixo custo apoiados em ouro nos Estados Unidos registraram fluxos positivos nos últimos 22 meses e aumentaram os ativos coletivos em 23 meses, para 91,1 toneladas, o que equivale a aproximadamente a participação de todos os fundos da Ásia.