19/07/2018
YARA

Entregas melhoram mas prejuízo cresce

O prejuízo da Yara International ASA aumentou de US$ 82 milhões no segundo trimestre de 2017 para US$ 211 milhões no mesmo período deste ano. O resultado inclui uma perda cambial de US$ 302 milhões resultante de um fortalecimento do dólar americano no trimestre, o que é fundamentalmente positivo para a Yara. O Ebitda somou US$ 321 milhões, uma queda de 5% em comparação com o ano anterior. "A Yara relata entregas no geral 13% mais altas, apesar da greve dos caminhoneiros no Brasil. No entanto, o Ebitda subjacente foi 5% menor, pois as melhores entregas e preços de venda foram compensados pelo aumento do custo de energia", disse Svein Tore Holsether, presidente e diretor executivo da Yara. 
 
"Embora o ambiente operacional para o nosso negócio deva continuar difícil por algum tempo, o equilíbrio do mercado parece melhorar gradualmente após 2018. Continuamos focados em nossos programas de melhoria e crescimento, que melhoraram os ganhos da Yara em mais de 25% em nos últimos 12 meses, e vai entregar ganhos ainda maiores daqui para frente", disse Holsether. As entregas de fertilizantes cresceram 11% na comparação com o mesmo trimestre de 2017 impulsionadas pelo aumento das entregas na Europa e pela inclusão da aquisição da Babrala na Índia e da aquisição da Cubatão no Brasil. 

Veja também

20/05/2020
FERTILIZANTES | Yara realiza mudança estrutural em junho
24/03/2020
FERTILIZANTES | Paralisacão da Itafos Arraias
18/03/2020
FERTILIZANTES | Anglo garante futuro do projeto Woodsmith
16/01/2020
FERTILIZANTES | EDEM cresce em fosfato natural
26/09/2019
FERTILIZANTES | Itafos lança produtos premium
17/09/2019
FERTILIZANTES | Itafos obtém empréstimo de US$ 15 mi