17/12/2020
ROCHAS ORNAMENTAIS

Empresas já não sentem impacto da pandemia

O Centro Brasileiro dos Exportadores de Rochas Ornamentais (Centrorochas) e o Sindicato das Indústrias de Rochas Ornamentais, Cal e Calcários do Estado do Espírito Santo (Sindirochas) realizaram consulta entre os dias 3 e 8 de dezembro junto às empresas do setor no Espírito Santo (principal estado produtor e exportador). O objetivo era entender os impactos da crise decorrente da pandemia do COVID-19. 

O levantamento apontou que 86% das empresas não sentem mais os impactos inicialmente trazidos pela pandemia, enquanto 71% das empresas exportadoras registraram crescimento em novembro, na comparação com o mesmo mês de 2019. A percepção indicada pelos empresários foi confirmada no fechamento das vendas externas brasileiras e capixabas em novembro, quando o setor somou faturamento nacional 36,7% maior do que o registrado em novembro do ano anterior e incremento de 36,2% entre as exportações capixabas, na mesma base de comparação. Até agora o segmento enviou para o exterior cerca de US$ 900 milhões, dos quais US$ 740 milhões correspondem às exportações capixabas. O arranjo de rochas corresponde a 10% do PIB do Espírito Santo. 

No mercado interno, 75% das empresas indicaram um novembro superior ao de 2019, e apenas 13% relataram estabilidade nos mercados interno e externo. Entre aquelas que hoje atuam apenas no mercado interno, 72% indicaram interesse em expandir os negócios para o mercado internacional.

A pesquisa mostrou também a expectativa para dezembro de 2020. Entre todas as empresas participantes que atuam no mercado interno, incluindo aquelas que atuam nos dois mercados, 53% acreditam em um crescimento para este mês em relação a dezembro de 2019. Já entre aquelas que atuam no mercado externo, 43% esperam crescimento, na mesma base de comparação. Ainda neste comparativo, a estabilidade foi apontada por 33% com atuação no mercado interno e 29% entre aquelas com foco no mercado externo.

Na pesquisa, 46% das indústrias informaram que realizaram admissões em novembro. Para dezembro, 43% indicaram a intenção de contratar pessoal e 11% indicaram a expectativa de novas contratações ainda no primeiro bimestre de 2021.

Veja também

10/02/2021
ROCHAS ORNAMENTAIS | Empresas prevêem crescimento em 2021
17/11/2020
ROCHAS ORNAMENTAIS | Setor pode explorar áreas em dois regimes
20/10/2020
ROCHAS ORNAMENTAIS | Entendendo impactos da COVID-19
06/10/2020
ROCHAS ORNAMENTAIS | Especialistas debatem “novo normal”
18/08/2020
ROCHAS ORNAMENTAIS | Só 12% das empresas cogitam demissões
28/07/2020
ROCHAS ORNAMENTAIS | Setor precisa de marketing para EUA
18/06/2020
ROCHAS ORNAMENTAIS | Webinar sobre Guia de Utilização
28/04/2020
ROCHAS ORNAMENTAIS | Exportações brasileiras caem 9,6%
05/03/2020
ROCHAS ORNAMENTAIS | Entidades firmam protocolo de integração