22/09/2020
ABPM

Diretoria quer tornar mineração competitiva

A Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa Mineral e Mineração (ABPM) realizou assembleia geral dia 14 de setembro, onde reelegeu por unanimidade os membros do seu conselho diretor para o biênio 2020/2022. 

A diretoria terá como objetivo articular e propor medidas para aumentar a competitividade do setor mineral e fortalecer parcerias. Luiz Mauricio Azevedo, presidente da ABPM, considera fundamental que a entidade intensifique sua atuação junto aos poderes públicos, no sentido de implementar políticas que melhorem o ambiente de negócios e contribuam efetivamente para elevar a atratividade dos investimentos no setor. “A ABPM reúne no seu corpo diretivo executivos altamente qualificados que conhecem profundamente a realidade da mineração brasileira”, disse Azevedo. 

Segundo o presidente, a diretoria reeleita tem condições e experiência para contribuir com propostas e ações que visem tornar a mineração brasileira mais competividade e sustentável. A diretoria reeleita é composta por Luiz Maurício de Azevedo, presidente do conselho diretor, João Luiz de Carvalho, vice-presidente e os diretores Marcos André Gomes Veiga, Guilherme Simões, Luiz Antônio Vessani, Wilson Antônio Borges e Washington Rebouças Santana.