18/07/2019
BARRAGENS

Automatização de piezômetros em Macacos

A Vale iniciou processo de automatização dos 18 piezômetros na barragem B3/B4, na Mina Mar Azul, em Macacos, Distrito de Nova Lima (MG). A medida faz parte do plano da mineradora de automatizar os equipamentos em suas barragens em nível 3 de emergência do PAEBM. A expectativa é que o trabalho dure cerca de uma semana. 
 
A automatização dos piezômetros visa garantir maior frequência das informações dos instrumentos, com dados obtidos à distância, o que reduz a exposição de funcionários na barragem frente ao atual nível de alerta, além de viabilizar maior precisão para a medição do nível de segurança da estrutura e considerar as limitações de acesso existentes.
 
O acesso às áreas na barragem é restrito a profissionais e realizado via helicóptero e técnicas de alpinismo. A atividade é feita por equipes especializadas e treinadas para esse tipo de ação. Em caso de emergência, os especialistas são içados imediatamente até a aeronave. O trabalho passou por vários testes prévios e foi homologado pela ANAC. Enquanto o trabalho estiver sendo realizado, o espaço aéreo será restrito, por questões de segurança, para manobras e rotas de fuga do helicóptero e para evacuação em caso de emergência. A Vale mantém os órgãos competentes informados sobre as ações.
 
A automatização também é planejada para 50 dos 108 piezômetros da barragem Forquilhas III, na mina de Fábrica, em Ouro Preto. Na barragem Sul Superior, na mina Gongo Soco, em Barão de Cocais (MG), a ação já quadruplicou a automatização, passando de 5 para 20 piezômetros automatizados (no total, há 43 unidades na estrutura).

Veja também

13/12/2019
BARRAGEM DO FEIJÃO I | Especialistas apontam causas do rompimento
11/12/2019
BARRAGENS | Goiás aprova programa de segurança
04/12/2019
SEGURANÇA DE BARRAGENS | Brasil conhece expertise holandesa
28/11/2019
MINA TUCANO | Simulado de emergência em barragem
28/11/2019
BARRAGENS | ANM avalia abalos sísmicos em MG
20/11/2019
BARRAGENS | INB assume compromisso para Caldas