24/09/2020
SIDERURGIA

ArcelorMittal Tubarão religará alto-forno 3

A ArcelorMittal Tubarão irá religar o seu terceiro alto-forno, paralisado desde abril de 2020 por causa do cenário econômico desfavorável. No momento, o equipamento está em fase de limpeza e pequenas manutenções para retomar sua operação, prevista para a segunda semana de outubro, se o cronograma não sofrer algum contratempo. O terceiro alto-forno tem capacidade nominal de 2,8 milhões de toneladas anuais. 

Com o religamento, a ArcelorMittal Tubarão terá os três altos-fornos com suas capacidades reduzidas operando para atender aos clientes que começam a retomar gradualmente o consumo, e para garantir a otimização operacional da planta. A volta da operação do equipamento é estratégica, embora ainda seja cedo apara avaliar cenários. A ArcelorMittal Tubarão não sabe se o mercado apresentará um novo crescimento sustentável  e a companhia afirma estar preparada para uma maior e mais rápida flexibilização operacional, caso o mercado continue respondendo positivamente.

O processo de religamento do Alto-Forno 3 da ArcelorMittal Tubarão seguirá rigorosamente todas as orientações e protocolos recomendados pelas autoridades da área de saúde para controle da disseminação da COVID-19 entre seus empregados e terceiros. Entre as ações estão a distância de segurança em todas as salas de controle, com marcação no solo para sinalizar; distanciamento seguro nos ambientes coletivos, incluindo os refeitórios e veículos, reforço nas ações de higienização dos espaços internos e desinfecção de ferramentas de uso coletivo utilizando lâmpadas de UV-C. 

A ArcelorMittal Tubarão mantém trabalho remoto para funções administrativas, distribuição de máscaras de tecido para usar no transporte coletivo e dentro da usina, medição da temperatura de todos que acessam a empresa, disponibilização de atendimento psicossocial extensivo aos familiares e intensificação das campanhas orientativas.