06/02/2020
MINÉRIO DE FERRO

Aprovada venda de minas da Vale

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) autorizou a venda das minas de minério de ferro Emesa e Santanense e ativos relacionados da Vale à Mineração Serra Azul, empresa do Grupo AVG, que atua em negócios que vão do minério de ferro à siderurgia e energia. O negócio foi aprovado sem restrições e publicado no Diário Oficial da União do último dia 30 de janeiro de 2020. O valor da operação não foi revelado. 
 
A mina de Emesa tem as reservas praticamente exauridas, enquanto a de Santanense está próxima disso e produz apenas minério de ferro "sinter feed", de acordo com informações de parecer do Cade. O Grupo AVG já possuía relações comerciais com essas minas, e com a operação está comprando também uma planta de processamento da Emesa, que era utilizada para processar pilhas de rejeitos produzidas por ela e minério de ferro "sinter feed" extraído da mina de Santanense. As minas vendidas pela Vale haviam sido adquiridas pela companhia em 2019, em meio à compra da Ferrous Resources. 

Veja também