07/11/2019
MINA DE ALEGRIA

ANM permite retomada das operações

A Agência Nacional de Mineração (ANM) encaminhou Termo de Desinterdição das operações da mina de Alegria à Vale. Com a decisão, a mineradora retoma a operação da mina, suspensa desde março deste ano. 
 
A autorização irá liberar uma capacidade de 8 milhões de toneladas anuais das 50 milhões de toneladas que se encontravam paralisadas. A decisão permite também o retorno parcial das operações a seco na mina de Alegria. Com a desinterdição, restam paralisadas, aproximadamente, 42 milhões de toneladas anuais de capacidade de produção de minério de ferro. 
 
Com o objetivo de promover um retorno seguro da operação, espera-se que o incremento do volume de produção se limite a 1 milhão de toneladas em 2019, sem impacto no volume esperado de vendas deste ano. Para os próximos anos, a produção retornará gradualmente observando-se adicionalmente a estratégia de margem sobre volume. 
 

Veja também

13/12/2019
DIAMANTES | ANM adota certificado eletrônico
13/12/2019
BARRAGEM DO FEIJÃO I | Especialistas apontam causas do rompimento
11/12/2019
BARRAGENS | Goiás aprova programa de segurança
28/11/2019
MINERAÇÃO EM TERRAS INDÍGENAS | Maia promete arquivar proposta
28/11/2019
BARRAGENS | ANM avalia abalos sísmicos em MG
20/11/2019
BARRAGENS | INB assume compromisso para Caldas