02/12/2015
SOCIAL

Anglo American investe em informação sobre DST’s

A Anglo American, em parceria com a ONG Reprolatina – Soluções Inovadoras em Saúde Sexual e Reprodutiva – já auxiliou mais de 150 mil pessoas nos Estados de Minas Gerais e Goiás. As ações têm beneficiado milhares de adolescentes, educadores, profissionais da área de saúde, além de empregados e terceirizados da empresa sobre DSTs e AIDS. Nos últimos cinco anos, foram investidos mais de R$ 5,5 milhões.

Um dos destaques dessas ações é o programa “Vivendo a Adolescência com mais Saúde”, realizado nos Negócios Níquel, Nióbio e Fosfatos, que possui operações nas cidades de Barro Alto e Niquelândia, em Goiás. O projeto contribui para a informação dos jovens quanto a questões sexuais e reprodutivas. “Um dos objetivos principais da iniciativa é construir uma cultura de prevenção, visando diminuir as vulnerabilidades da população. O programa colaborou para que os índices de gravidez na adolescência diminuíssem de 40% em 2010 para 15% este ano, porcentagem menor que a média nacional que é de 21%. O projeto já beneficiou mais de 56 mil pessoas em Barro Alto e Niquelândia”, ressalta o Diretor da área Técnica e de Sustentabilidade dos Negócios Níquel, Nióbio e Fosfatos, Renier Swart. O programa capacita adolescentes a participar e tornaram-se multiplicadores de informação, ganhando o título de Adolescentes Agentes Voluntários de Saúde (AAVS).

Em Minas Gerais a Anglo desenvolve o projeto “Empoderamento – a força da mudança para sexo seguro” na Unidade de Minério de Ferro Brasil. O projeto já recebeu aportes de R$ 4,2 milhões em cinco anos e visa auxiliar na redução dos índices de doenças sexualmente transmissíveis (DST´s), AIDS e gravidez na adolescência nos municípios de Conceição do Mato Dentro, Alvorada de Minas, Dom Joaquim e Serro. Esses municípios fazem parte da região de influência direta e indireta do Sistema Minas-Rio, operação de exploração de minério de ferro da empresa localizada nos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Veja também