11/03/2020
MINERAÇÃO SUSTENTÁVEL

Anglo American firma contrato para energia solar

A Anglo American Brasil firmou, com a Atlas Renewable Energy, um contrato  de aquisição de 70 megawatts médios de energia solar para alimentar suas operações no Brasil. O valor da transação é de R$ 881 milhões e o acordo visa possibilitar que a Anglo American se aproxime da meta de adquirir 100% de energia elétrica a partir de fontes renováveis até 2022 e também ajudará o grupo a reduzir 30% da emissão de CO2 até 2030, conforme estabelecido em seu Plano de Mineração Sustentável.
 
 "Esse acordo, somado ao contrato assinado em dezembro de 2019 para a construção de uma planta de energia eólica na Bahia, nos permitirá obter 90% de nossa energia de fontes renováveis, possibilitando uma redução de 40% nas emissões de CO2 associadas às nossas atividades no País", Explica Wilfred Bruijn, CEO da Anglo American no Brasil.
 
As obras começam ainda este ano e a planta entrará em operação em janeiro de 2022, quando se inicia o contrato de fornecimento. 
 
A Atlas Renewable Energy é líder em energia limpa em toda a América Latina. O fornecimento de energia limpa ocorrerá por meio da usina solar fotovoltaica da Atlas Casablanca, localizada no estado de Minas Gerais, e deve fornecer cerca de 9 TWh no prazo do contrato. A empresa informa que apresentará os módulos bifaciais na usina solar Atlas Casablanca, uma tecnologia avançada na geração de energia solar. Esses painéis solares inovadores usam o reflexo dos raios solares dos lados dianteiro e traseiro, melhorando a eficiência da conversão fotoelétrica e, assim, aumentando a geração e a eficiência da usina.
 
Carlos Barrera, CEO da Atlas Renewable Energy, disse que a empresa “lidera a nova tendência de fornecer energia limpa diretamente para grandes consumidores de energia. A energia renovável está mudando o modo de fornecer energia limpa e de baixo custo para o grande grupo de empresas que desejam reduzir sua pegada de carbono. A Atlas se orgulha de ser pioneira, mais uma vez, de um PPA solar bilateral em um novo país da América Latina. Nossa equipe foi a primeira a implementar um PPA solar privado no Chile há 8 anos e agora o fazemos no Brasil. Gostaríamos de reconhecer e parabenizar a liderança da Anglo American por seus esforços em se tornar uma instituição mais sustentável”. 

Veja também

03/12/2020
REJEITOS DA MINERAÇÃO | Uso requer tecnologias inovadoras
01/12/2020
ARTIGO | Bauxita, Bruxelas, Brasília
24/11/2020
SUSTENTABILIDADE | Bahia realiza I Fórum Regional
17/11/2020
SUSTENTABILIDADE | ArcelorMittal torna-se membro do GBC Brasil
12/11/2020
LOGÍSTICA | Anglo American vai usar navios a LNG
13/10/2020
ARTIGO | Verde em vez de cinzas
29/09/2020
BURITIRAMA | Mina de Marabá ganha energia limpa