13/10/2020
ALUMÍNIO

Alcoa demite mais de 500 na Espanha

A Alcoa iniciou processo de demissão coletiva de aproximadamente 530 funcionários em sua fundição de alumínio San Ciprián, na Espanha. A companhia tomou a decisão após avaliar todas as opções, inclusive a revisão de registros associados a quatro meses de consultas com os representantes dos trabalhadores e as negociações durante um potencial processo de venda. 

Em 29 de setembro de 2020, a Alcoa anunciou que a empresa levaria até 15 dias para determinar e anunciar uma decisão sobre a capacidade anual de 228.000 toneladas métricas da fundição. Espera-se que o corte da fundição seja concluído no primeiro trimestre de 2021, e aproximadamente 100 funcionários permanecerão para operar uma parte da fundição. “Conforme compartilhamos com nossas partes interessadas ao longo deste processo, a triste realidade é que a fundição de San Ciprián não é competitiva e não esperamos que seus problemas estruturais significativos mudem”, disse o presidente e CEO da Alcoa, Roy Harvey. 

“Embora tenhamos explorado várias opções nos últimos meses, a redução é necessária para interromper as perdas econômicas contínuas. Entendemos que este é um resultado difícil e estamos empenhados em minimizar os impactos sobre nossos funcionários, pois trabalhamos juntos para restringir o local com segurança e continuar a cumprir todos os regulamentos”, concluiu Harvey. A operação contínua da fundição não é viável por causa de fatores permanentes, como uma estrutura de energia não competitiva na Espanha, excesso de capacidade global na produção de alumínio e preços deprimidos. 

A Alcoa oferecerá pacotes de indenização e serviços de emprego para as pessoas afetadas pela decisão de restrição. A empresa informa que todos encargos baseados em dinheiro devem ser pagos principalmente no primeiro semestre de 2021. A companhia observa que os representantes dos trabalhadores declararam publicamente que pretendem contestar a demissão coletiva em processo judicial. Caso isso ocorra, a Alcoa defenderá suas ações, mas o prazo e o valor das cobranças podem ser afetados. A refinaria de alumina de San Ciprián não foi incluída no processo de consulta e continuará operando.