05/01/2021
PARANAPANEMA

Acordo com banco para quitar dívidas

A Paranapanema assinou acordo com o Scotiabank Brasil que viabiliza o retorno da instituição financeira ao grupo dos credores e, assim, abre espaço para o avanço das negociações para reestruturação da dívida da companhia. Com o documento chancelado pela matriz canadense do banco, a Paranapanema terá os protestos existentes e o pedido de falência cancelado. 

Com a retomada de uma agenda conjunta de tratativas ao lado dos nove principais credores, a Paranapanema pretende equacionar o passivo atual, de aproximadamente US$ 510 milhões. "A retomada das negociações, ainda em 2020, foi possível graças ao empenho de nossos conselheiros, acionistas e dos próprios credores. Estamos trabalhando em uma proposta que atenda a todos os credores", afirma Luiz Aguiar, diretor-presidente da Paranapanema.

A Paranapanema continuará a negociar com os principais credores para pagar as dívidas no menor prazo possível. Para isso, a companhia tem recebido o apoio de seus principais acionistas. Recentemente, o Grupo Buritipar, um de seus acionistas de referência, ofereceu o lock-up de sua participação acionária na empresa, no contexto do seguimento das referidas negociações. "O avanço nas negociações fortalece e amplia a competitividade da companhia, o que é bom para o Brasil e para os mais de 7.000 colaboradores diretos e indiretos da Paranapanema", finaliza João Araújo, Chairman do Grupo Buritipar.