27/05/2020
GRUPO APPIAN

Ações de combate ä Covid-10 em dois estados

O grupo Appian, que controla as empresas Mineração Vale Verde e Atlantic Nickel, tem se mobilizado com o objetivo de contribuir para o enfrentamento da crise gerada pela pandemia Covid-19 em municípios com menos de 50 mil habitantes da região sul da Bahia e agreste alagoano. 

Como parte das medidas, nos próximos 30 dias a Appian deve receber um lote com 6 mil testes rápidos, 25 mil máscaras cirúrgicas e 12 mil máscaras N95 que serão doados para essas comunidades. O Grupo informa que está agilizando o embarque da carga na China e o desembarque no Brasil está previsto para meados de junho.

Na Bahia, os municípios de Itagibá e Ipiaú (este listado entre as seis cidades com mais casos de contaminação no estado) irão receber parte dessas doações, enquanto o restante será enviado para contribuir com as ações que estão sendo realizadas nos municípios de Craíbas e Arapiraca, em Alagoas.  

“Estamos num cenário desafiador que exige uma postura proativa de todo o empresariado em apoio às autoridades públicas. Estamos fazendo a nossa parte junto às comunidades, num esforço conjunto com as prefeituras em defesa da vida”, afirma Paulo Castellari, CEO do Grupo Appian, controlador da Mineração Vale Verde, localizada no município de Craíbas, em Alagoas, e da Atlantic Nickel, empresa produtora de níquel sulfetado, situada no município de Itagibá, há 158 quilômetros de Ilhéus na Bahia. 

Ele acrescenta que as ações da Appian envolvem fornecimento de materiais de saúde e de higiene e contribuições para compra de equipamentos a fim de suportar o atendimento aos pacientes do coronavírus. “Mais de 22 mil pessoas já foram diretamente beneficiadas no Agreste Alagoano e mais de 15 mil no sul da Bahia.  Todas as doações são definidas em acordo com as prefeituras locais após um planejamento conjunto”, informa a Appian. 

Ainda na Bahia, está em fase final o processo para repasse de R$ 220 mil para a nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ipiaú. O posto de saúde tem funcionado como centro de triagem para pacientes sintomáticos da COVID-19 e está equipado com respiradores artificiais, aspiradores, monitores, leitos, sendo dois semi-intensivos.

Para contribuir com as medidas de prevenção, a Appian tem mantido o trabalho de um grupo de costureiras também no sul da Bahia. Três mil máscaras caseiras, confeccionadas com uniformes antigos da Atlantic Nickel -- em bom estado de conservação e higienizados – foram doadas para comunidades locais naquela região. A empresa também tem cedido, semanalmente, caminhões-pipa para desinfectar ruas e avenidas das comunidades de Itagibá, Ipiaú, Ubatã, Barra da Rocha e Gongogi, além de disponibilizar um lote de 230 vacinas da gripe (Influenza/H1N1 H3N2) para as prefeituras de Itagibá e Ipiaú.

A Appian também disponibilizou uma infraestrutura para a hospedagem exclusivamente dos profissionais de saúde de Ipiaú e Itagibá mobilizados na luta contra a Covid-19. O local dispõe de 17 apartamentos, com frigobar, TV, ar condicionado, estacionamento privado e mesas de trabalho.

No Agreste Alagoano, o Grupo Appian já destinou mais de 40 toneladas de itens entre sabonete líquido, detergente, água sanitária, cloro, papel toalha, desinfetante, sabão e álcool 70%, além de aventais descartáveis, termômetros digitais, máscaras cirúrgicas e luvas. 

Outra medida que tem contribuído para aliviar a pressão das triagens de saúde nessas localidades foi a disponibilização de uma plataforma online pela qual a população pode acionar um profissional de saúde – médico, enfermeiro ou técnico em enfermagem – para tirar dúvidas sobre a COVID-19 ou obter orientações se deve ou não procurar um posto de atendimento de saúde pública ou um hospital. O serviço, denominado EUSAÚDE, é acionado via um APP e funciona 24 horas.