14/06/2018
COBALTO

Vale vende streaming no Canadá

A Vale concluiu os acordos separados com a Wheaton Precious Metals Corp e com a Cobalt 27 Capital Corp. para a venda de um stream no total agregado de 75% de cobalto, relacionado ao subproduto de cobalto a ser entregue a partir de 1 de janeiro de 2021. O negócio inclui o ramp-down da atual mina em operação de Voisey's Bay e a futura produção do projeto de expansão subterrânea da mina de Voisey's Bay (VBME). 
 
Pela operação a Vale irá receber antecipadamente US$ 690 milhões, mais pagamentos adicionais de 20%, em média, dos preços de cobalto vigentes no momento da entrega. O pagamento antecipado será feito integralmente na conclusão da transação, com US$ 390 milhões a serem pagos por Wheaton e US$ 300 milhões a serem pagos por Cobalt 27, e equivale a 40% do investimento nominal de VBME (US$ 1,7 bilhão). 
 
O acordo de streaming viabiliza o desenvolvimento de VBME e melhora substancialmente o retorno financeiro sobre o capital investido em VBME para mais de 35% ao ano, considerando o consenso de mercado dos preços. O projeto está alinhado com o processo de alocação de capital da Vale, no qual projetos devem ser capazes de gerar retornos aos preços atuais de mercado, ao invés de depender de expectativas de aumentos futuros de preços.
 
A Vale mantém cerca de 40% de uma futura produção na mina canadense de cobalto, já que detém os direitos de comercialização de 25% de sua produção futura de cobalto de Voisey's Bay e receberá aproximadamente 20% de pagamentos adicionais no stream de 75% de cobalto. VBME irá estender a vida da mina de Voisey's Bay, liberando acesso para a Vale a reservas de níquel, cobre e cobalto e, consequentemente, aumentando, em média, as produções anuais estimadas em aproximadamente 45 mil t de níquel, 20 mil t de cobre e 2,6 mil t de cobalto. A fim de garantir uma transição suave da operação com lavra a céu aberto (open pit) para a subterrânea, a produção de níquel da mina de Voisey's Bay será mantida em 38 mil t/ano de 2018 até 2020, concluindo o ramp-up e atingindo 45-50 mil t/ano de níquel contido no concentrado a partir de 2024.
 
Através das transações de streaming, a Cobalt 27 e a Wheaton terão direitos sobre um volume de cobalto acabado, equivalente a um percentual do subproduto de cobalto de VBME. As duas empresas compartilham os riscos geológicos e de produção, após o desenvolvimento e o ramp-up. Dado que a mina subterrânea ainda será desenvolvida, a Vale concedeu uma garantia de conclusão em relação ao projeto VBME, a ser medida pela taxa de processamento da mina subterrânea em 2025. A garantia de conclusão está totalmente sob o controle da Vale, dado que as licenças, os prestadores de serviço e os fornecedores já foram assegurados para o desenvolvimento do projeto VBME.
 
Voisey's Bay tem o total de reservas minerais estimadas de 32,4 milhões de toneladas com um teor de níquel de 2,13% e teor de cobalto de 0,13%. As reservas e os recursos da mina de lavra a céu aberto consistem em Main Ovoid, Mini Ovoid e SE Extension. As reservas e recursos da mina subterrânea consistem em Reid Brook e Eastern Deeps. Do total de reservas minerais estimadas, as reservas subterrâneas contêm 23,6 milhões de toneladas de níquel a um teor de 2,17% e a um teor de cobalto de 0,14%.