03/01/2019
ZINCO

Nexa vai iniciar construção de Aripuanã

A Nexa Resources anunciou que recebeu, do órgão ambiental do Estado de Mato Grosso (SEMA/MT), a Licença de Instalação (LI) para o projeto Aripuanã. Em abril de 2018 a empresa havia recebido a Licença Prévia (LP), que é o primeiro sinal verde para que o projeto possa seguir adiante. Em outubro, o board aprovou a implementação do projeto, que dependia somente da LI para que fosse iniciada a construção. Agora, com a obtenção da licença, a construção se iniciará imediatamente, segundo a Nexa.  

 

O projeto Aripuanã compreende a instalação de uma mina subterrânea para extração de zinco polimetálico, uma planta de processamento para realizar a concentração de zinco, cobre, prata e ouro, no estado de Mato Grosso. A produção de zinco deverá ser de aproximadamente 120 mil toneladas/ano, por um período de 13 anos, considerando-se apenas as reservas provadas e prováveis, estimadas em 26,2 milhões de toneladas. A planta deve processar 6.300 toneladas/dia de minério.

 

As estimativas são de que Aripuanã produza 66,7 mil toneladas de zinco em concentrado, 23 mil toneladas de chumbo, 3.700 toneladas de cobre, 1,87 milhão de onças de prata e 13 mil onças de ouro.

 

Pelas previsões, o projeto deve iniciar operação em 2021 e vai requerer um investimento de aproximadamente US$ 392 milhões.

Veja também