18/05/2017
ACIDENTE

Mineiro morre em mina catarinense

O mineiro Arlei Machado morreu na última segunda-feira, 15 de maio, atingido por uma pedra dentro da mina Cantão Norte, de propriedade da Carbonífera Belluno, em Treviso (SC). O mineiro chegou a ser socorrido e levado ao Hospital São José, de Criciúma, mas não resistiu. Esta foi a primeira morte ocorrida na mina, que funciona desde junho de 2012.
 
Segundo o presidente do Sindicato dos Mineiros de Siderópolis, Treviso e Cocal do Sul, Nilson de Souza Barzan, é comum que alguns fragmentos se desprendam do teto e das laterais dentro das galerias, mas acidentes com essa gravidade são raros. “Estamos acompanhando a família, e logo que fomos informados do acidente, prestamos solidariedade. Vamos continuar acompanhando a fiscalização para ver o desfecho disso e para que não ocorram mais acidente”, explica Barzan.
 
A equipe do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) regional de Criciúma interditou o painel onde ocorreu o acidente. O Instituto Geral de Perícias (IGP), engenheiros da Carbonífera Belluno e o engenheiro de Minas, Oldair Lamarque, do DNPM, fizeram nova vistoria no local. Segundo Lamarque, até que a carbonífera faça as adequações solicitadas pelo órgão federal, o local segue interditado. “Esse parecer de vistoria elenca possíveis causas e necessidades de adequação para que acidentes não ocorram novamente”, explica Lamarque.