11/11/2015
NEGÓCIOS

Fusões e aquisições aumentam 75% no trimestre

Segundo pesquisa realiza pela KPMG com 43 setores da economia brasileira, o número de fusões ou aquisições no setor de mineração cresceu 75% no 3º trimestre, após vários meses de queda. No período foram registradas sete operações contra quatro do mesmo trimestre de 2014. Já no acumulado dos noves meses dos dois anos, o quantitativo se manteve estável: 12 operações no período.

“Segundo a pesquisa, a maioria das transações realizadas (quatro) foi do tipo CB1, onde o comprador é um investidor estrangeiro que adquiriu empresa brasileira, atraído pelo momento de instabilidade que a indústria de mineração brasileira está vivendo e favorecidos também pela desvalorização do real frente ao dólar. Alguns dos motivos são a paralisação à espera da votação do novo marco regulatório, a indefinição com relação às regras do setor, a queda do preço do minério de ferro”, analisa o sócio da KPMG, Paulo Guilherme Coimbra.