Criado fundo KPTL Mineração para ajudar setor

07/10/2021

Empresa gestora de Venture Capital, a KPTL anunciou a criação de um fundo de investimentos dedicado a atrair startups que resolvem problemas do setor mineral com soluções de base tecnológica. Com apoio do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), o KPTL Mineração pretende captar R$ 500 milhões para impulsionar o ecossistema de inovação dentro do setor. 

O fundo irá oferecer para as empresas cotistas acesso às soluções de startups já num estágio de maior maturidade. O KPTL Mineração ajudará mineradoras a alavancarem suas iniciativas individuais de Corporate Venture e de Open Innovation, ampliando a capacidade de interação com o ecossistema, além de contar com uma gestora especialista em investimento em inovação para fazer os melhores investimentos e principalmente para ajudar as investidas a entregar todo seu potencial, um grande desafio deste estágio de desenvolvimento da inovação. Para Renato Ramalho, CEO da KPTL, o setor ainda está em fase inicial de desenvolvimento de seu ambiente de inovação. "Um fundo de Venture Capital fará o papel estratégico de fortalecer e retroalimentar esse ecossistema. Contribuirá para o desenvolvimento de soluções early-stage, sendo uma estratégia complementar para que os CVCs tenham um pipeline forte para ser analisado. Hoje muitos não conseguem investir por não ter startups com oportunidades maduras o suficiente no mercado", esclarece Ramalho. 

Gustavo Roque, advisor e líder da estratégia do Fundo KPTL Mineração, diz que um fundo de Venture Capital é o ponto de partida para que as mineradoras possam testar e aprender sobre estratégias de investimento em empresas de base tecnológica. "Será uma ferramenta complementar à estratégia dessas empresas para que tenham um pipeline forte para seus investimentos através de veículos de investimento próprios", acredita Roque, idealizador e co-fundador do MiningHub, polo de inovação das mineradoras.