Avanços no depósito Pastinho

23/11/2021

A Amarillo Gold divulgou que o depósito de ouro Pastinho tem potencial para se transformar em outra fonte de alimentação de minério para a usina Posse. Segundo Mike Mutchler, CEO da Amarillo, o depósito Pastinho poderá prorrogar a vida útil geral da mina da Posse, além de aumentar significativamente a produção média anual de ouro da mina, melhorando assim a economia mostrada pelo estudo de viabilidade positivo. 

Pastinho é um novo depósito de ouro primário localizado a aproximadamente 3,5 km a nordeste do Depósito de Ouro Posse. É um depósito de formato tabular próximo à superfície atingindo 1.700 metros na direção norte-sudoeste que mergulha aproximadamente 60 graus a noroeste. Em outubro, após o final do terceiro trimestre, a Amarillo recebeu resultados de ensaios que confirmaram a continuidade e as extensões de down dip do Pastinho, que tem pelo menos 200 metros de profundidade. A Amarillo teve como foco avaliar as opções para levantar o saldo do financiamento à construção para construir a Mina de Ouro Posse. O objetivo é encontrar a melhor opção de financiamento para a companhia e seus acionistas, trabalhando sob a orientação de seu assessor financeiro e aproveitando a flexibilidade do caixa da Amarillo.

Enquanto isso, a Amarillo Gold investe para manter o cronograma de Posse e minimizar a exposição financeira até obter o financiamento total para a construção. Os avanços em Posse incluem: aquisição de mais de 95% do terreno para a área do projeto; o pacote final está sendo adquirido e esse processo deve ser concluído em breve; 50% da engenharia geral detalhada do projeto, incluindo 99% da engenharia detalhada dos primeiros trabalhos, foi concluída e o saldo da engenharia será baseado nas principais aquisições de equipamentos que serão adquiridos sujeitos ao financiamento do projeto. 

Os desenhos do fornecedor para o moinho de bolas foram adquiridos e a engenharia do equipamento para o circuito de filtração concluída, além de avançar significativamente na linha de força de 67 km de 138 kV que conectará a mina Posse a uma subestação em Porangatu. Todo o terreno para a linha de energia foi adquirido, a engenharia concluída e a aprovação do projeto foi recebida da Enel Brasil, a concessionária de energia elétrica do estado. Em outubro, a Amarillo obteve a Licença de Instalação da linha. As obras devem começar ainda este ano e levar cerca de 14 meses. Um dos termos da Licença de Instalação para Posse é desenvolver e treinar mão-de-obra local. Mais de 2.200 pessoas se inscreveram no centro de treinamento da cidade de Mara Rosa desde sua inauguração, em fevereiro, e mais de 766 pessoas foram capacitadas em 51 cursos desde janeiro.

Em Lavras do Sul, onde o objetivo de Amarillo é abrir uma segunda frente de desenvolvimento, a perfuração continuou em uma importante zona estrutural de hospedagem de ouro em Matilde, um dos 23 alvos de ouro altamente prospectivos na propriedade. A empresa continua muito feliz em relação ao trabalho desenvolvido para conter os casos de COVID-19. Apesar de alguns funcionários terem testado positivo, todos se recuperaram totalmente. A Amarillo tem pleno acesso às suas propriedades e seus consultores têm podido trabalhar sem interrupções. No Canadá, a equipe de gestão baseada em Toronto tem trabalhado em casa desde meados de março de 2020. Até agora, a COVID-19 não teve um impacto material na condição financeira ou desempenho da empresa.

Cerca de 64% do pessoal de Amarillo está totalmente vacinado, assim como 27% dos contratados. Cerca de 73% tomaram a primeira dose e acredita-se que quaisquer atrasos em projetos serão mínimos. No entanto, a empresa continuará monitorando o impacto potencial da pandemia em seus negócios.

No nível corporativo, Paulo Serpa sucedeu Arão Portugal como Country Manager para as subsidiárias brasileiras da Amarillo após o final do trimestre. Arão Portugal, entretanto, permanece ativo na Companhia, atuando como assessor especial do CEO. 

Por fim, a Amarillo continuou a aumentar seu alcance ao investidor depois de lançar um novo site e canais de mídia social no último trimestre. A empresa participou de duas conferências importantes sobre ouro em setembro e planeja participar de três conferências de recursos no quarto trimestre, todas como parte de uma estratégia para aumentar a conscientização entre uma base mais ampla de acionistas em potencial.