09/11/2017
TECNOLOGIAS

ABB Ability marca 105 anos de Brasil

Em comemoração aos seus 105 de Brasil, a ABB está lançando no País o ABB Ability, um pacote de ofertas digitais que “permitirá às empresas brasileiras otimizar a análise de dados de suas operações e obter ganhos de eficiência, e ao mesmo tempo melhorar a produtividade”. Com estas soluções, a expectativa da companhia é adicionar US$ 20 bilhões em sua receita anual. E boa parte disso deverá advir da indústria de mineração. 
 
“Com o ABB Ability, continuamos a fornecer os mais inovadores produtos e serviços e, ao mesmo tempo, oferecer uma transição significativa da conectividade para a digitalização, automação e robótica, um grande diferencial para a indústria. O ABB Ability pode antecipar potenciais problemas antes de surgirem e melhorar a produtividade dos equipamentos”, disse Ulrich Spiesshofer, CEO mundial da empresa, que veio ao Brasil especificamente para a celebração dos 150 anos e anúncio das novas soluções para o mercado brasileiro. 
 
Para comemorar os 105 anos de presença no País, a empresa realizou um evento no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro. A escolha do local deveu-se a dois motivos: o primeiro fornecimento da ABB para o Brasil foram os equipamentos elétricos do Bondinho do Pão de Açúcar, primeiro teleférico instalado na América Latina, que foi inaugurado em 1912 e o Museu do Amanhã, por representar o futuro, é o local adequado para que a empresa apresente as tecnologias digitais inovadoras que permitirão às empresas brasileiras desfrutar de operações automatizadas muito mais eficientes e produtivas. 
 
Desde o início do século passado a “ABB está presente no Brasil contribuindo de forma inovadora para alguns dos projetos de infraestrutura mais icônicos, tais como Itaipu e Belo Monte”, afirmou Spiesshofer.
 
O presidente da ABB no Brasil, Rafael Paniagua, lembrou que a ABB é uma das principais fornecedoras do S11D, considerado o maior projeto de minério de ferro do mundo, localizado no estado do Pará e inaugurado no final de 2016. “Desenvolvemos uma solução única para gerenciamento de ativos em tempo real e fornecemos tecnologia de automação para as correias transportadoras, permitindo a adoção do sistema Truckless”. 
 
Um dos pontos altos das comemorações dos 105 anos no Rio de Janeiro foi a interação entre o YuMi, o primeiro robô industrial de dois braços verdadeiramente colaborativo, desenvolvido pela ABB, e o artista plástico Caio Chacal, que criaram uma obra de arte conjunta, “demonstrando que a interação entre máquinas inteligentes e humanos não é mais uma projeção para o futuro”, segundo a ABB. A obra de arte criada foi doada ao Museu do Amanhã, para integrar o seu acervo. O YuMi já teve outras experiências artísticas, como a regência de uma orquestra. 

Veja também

09/11/2017
ATLAS COPCO | Parceria em tecnologias digitais
01/11/2017
EQUIPAMENTOS | Metso adquire australiana WEARX
25/10/2017
BENS DE CAPITAL | Faturamento cai 5,7% até setembro
11/10/2017
THYSSENKRUPP | Novo CEO para América do Sul
05/10/2017
CAMINHÕES AUTÔNOMOS | Caterpillar aumentará frota na Fortescue
18/09/2017
TECNOLOGIA | A mina totalmente conectada
13/09/2017
EQUIPAMENTOS | Marubeni é distribuidora Hitachi